Mercado de imóveis usados cresce 106,65% no Rio | Diário do Porto


Imóveis

Mercado de imóveis usados cresce 106,65% no Rio

Vendas de imóveis usados saltaram de 584 para 1.201 no primeiro trimestre de 2021, em relação ao mesmo período do ano passado, segundo pesquisa da Kenlo

17 de junho de 2021

Ipanema teve recorde de negócios em uma década (Deposit Photos)

Compartilhe essa notícia:


Dados compilados pelo PMI (Painel do Mercado Imobiliário) produzido pelo Kenlo, revelam que o mercado de imóveis usados cresceu 105,65% no Estado do Rio de Janeiro no primeiro trimestre de 2021 em relação a igual período do ano passado, saltando de 584 negócios para 1.201.

No fechamento de 2020, o estado já havia apresentado crescimento no movimento do mercado secundário de imóveis (usados) da ordem de 42,38% em relação ao ano anterior.


LEIA TAMBÉM

Torres da Cury, no Porto, terão imóveis a partir de R$ 195 mil

Cariocas preferem imóveis mais espaçosos na pandemia

Imóveis comerciais do Centro poderão virar residências


O interesse dos compradores e locatários também pode ser medido pelo aumento no número de visitas a imóveis disponíveis. No período houve crescimento de 63,72%, chegando a 14.689 visitas, ante 8.972 realizadas no primeiro trimestre de 2020.

O painel acompanha o mercado de imóveis usados com base em dados obtidos em tempo real junto a 7,2 mil imobiliárias e 44 mil corretores conectados à proptech inGaia, de todas as regiões do país e que atendem a mais de um milhão de proprietários de imóveis. O PMI reúne uma amostragem do mercado imobiliário secundário de 13 estados brasileiros nas 5 regiões.

 


/