Maricá terá hotel com 166 apartamentos | Diário do Porto


Investimentos

Maricá terá hotel com 166 apartamentos

Novo hotel será construído pela Prefeitura e concedido a grupo hoteleiro. Público-alvo são os funcionários das empresas de petróleo e gás

23 de fevereiro de 2022

Prefeitura vai construir hotel em Maricá para atender funcionários das empresas de petróleo e gás (divulgação/Prefeitura de Maricá)

Compartilhe essa notícia:


A Prefeitura de Maricá vai construir um hotel com 166 apartamentos, com previsão de conclusão em maio de 2024.  O anúncio foi feito durante o 2º Seminário Hospedar Maricá.  Foram apresentados no evento projetos e debatidas propostas para impulsionar o crescimento dos setores de turismo e economia durante a retomada pós-pandemia.

O presidente da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), Olavo Noleto, mostrou o projeto juntamente com outros integrantes dos Arranjos Produtivos Locais do turismo.

“O Hotel Maricá será aberto a todos os públicos, tanto turístico quanto empresarial, sem concorrer com as pousadas que já atendem ao turista que nos procura atualmente. A ideia é que 25% das acomodações tenham duas camas de casal para que ofereçam ainda mais vagas disponíveis. Temos grandes projetos a caminho e um boom de movimentação nos próximos anos, que terá impacto profundo na economia e também no turismo. Um hotel deste porte será uma revolução para o setor”, destacou.


LEIA TAMBÉM:

Morro da Providência recebe visita do “Projeto na Régua”

Livro retrata trajetória das grandes passistas do Carnaval do Rio

Empresas oferecem transporte para doações a Petrópolis


Novo hotel será ao lado do aeroporto

O novo hotel vai contar com restaurante, estacionamento e um auditório com 600 metros quadrados e 250 lugares. A construção, que ainda será licitada e deve começar neste semestre, será erguida numa área ao lado do Aeroporto de Maricá, em Araçatiba, e será concedida à iniciativa privada para operação dos serviços. Segundo Olavo, a ideia surgiu da demanda por ocupação para operações “off shore” nas plataformas de petróleo próximas da costa maricaense, mas o local vai atender também ao público turístico.

Além do novo empreendimento, o secretário de Promoção e Projetos Especiais de Maricá, José Alexandre Almeida, mostrou como será o projeto “Hospedar Maestria”, que tem como objetivo estimular a modernização da rede de meios de hospedagem no município.

“Nós sabemos da luta dos empresários do setor para mantê-lo vivo e sabemos também que uma boa parte desses empreendimentos tem perfil familiar, como todos participando de alguma forma. Por isso é importante a integração do poder público com o setor privado e queremos trazer novos equipamentos com esse propósito”, afirmou.

A partir do segundo semestre serão colocadas à disposição da sociedade linhas de crédito para MEIs no valor de até R$ 21 mil; para micro e pequenas empresas de R$ 21 a 80 mil; pequenos empreendimentos de R$ 80 mil e R$ 300 mil; médios investimentos de R$ 300 mil a R$ 500 mil e projetos estruturados de 500 mil até R$ 1,6 milhão.

 

 


/