Maricá e RJ assinam acordo por Complexo Industrial de R$ 13 bi | Diário do Porto


Indústria

Maricá e RJ assinam acordo por Complexo Industrial de R$ 13 bi

Governos estadual e municipal assinaram acordo de cooperação para viabilizar complexo industrial-portuário que terá investimentos de R$ 13 bi

27 de novembro de 2021

Governo do Estado e Maricá assinam acordo para implantação de Polo Industrial e Terminal Portuário de Ponta Negra (Katito Carvalho/Prefeitura de Maricá)

Compartilhe essa notícia:


A Prefeitura de Maricá e o Governo do Estado assinaram acordo de cooperação para a implantação do Parque Industrial de Maricá e o Terminal de Ponta Negra (TPN), conhecido como Porto do Jaconé. Um dos principais pontos do documento é a viabilização de infraestrutura para a utilização de gás natural produzido no Polo Gaslub, complexo que ocupa a área do antigo Comperj, na vizinha Itaboraí.

Para o governador Cláudio Castro, a criação da estrutura industrial-portuário será fundamental para o desenvolvimento econômico da região e de todo o estado. “Vamos requalificar o Rio como o hub brasileiro para exportação, importação, distribuição de cargas e movimentação de passageiros”.


LEIA TAMBÉM:

Marcelo Ment usa drone em pintura de mural no Porto

Porto do Rio bate recorde de carga em outubro

Comissão da Alerj quer adiar novo leilão da Cedae


Área de complexo em Maricá terá mais 3,5 milhões de m²

O plano é construir quatro grandes estruturas: um terminal voltado a granéis líquidos; outro para gás natural; um terceiro para contêineres; e um estaleiro para reparos. A área operacional conta com cerca de 3,5 milhões de m².O investimento total no complexo deve chegar perto dos R$ 13 bilhões. A fase inicial do projeto será executada pela DTA Engenharia, empresa  especializada em engenharia para o setor portuário. O gasoduto Rota 3, que conecta o polo de Pré-Sal da Bacia de Santos ao Gaslub, passará pela área do futuro TPN.

Para o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Vinicius Farah, a parceria irá fomentar ainda mais a região de Maricá. “Maricá tem potencial para se transformar em um dos principais polos industriais do país. A ideia é somarmos forças para transformarmos potencial em ações reais no menor espaço de tempo possível. A chegada de novas empresas no Parque Industrial de Maricá, que podem ser beneficiadas pelo Novo RioLog, irá gerar emprego e renda para a região” completou Farah.

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Maricá, Igor Sardinha, afirma que termo de cooperação irá fortalecer a parceria com o Governo do Estado. “Atuaremos a partir dessa assinatura de maneira ainda mais forte e coordenada para viabilizarmos o nosso Parque Industrial, gerando ainda mais emprego e renda na cidade e região”, conclui.

 

 

 


/