Marcos Palmeira planta 200 mil árvores em sua fazenda | Diário do Porto


Sustentabilidade

Marcos Palmeira planta 200 mil árvores em sua fazenda

Projeto do ator Marcos Palmeira, Zé Leôncio na novela Pantanal, ocorre em 100 hectares de sua fazenda em Teresópolis, no Rio

6 de julho de 2022

Marcos Palmeira quer reflorestar sua fazenda com árvores nativas da Mata Atlântica (Foto: TV Globo/ Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


O ator Marcos Palmeira, atualmente protagonista do remake da novela Pantanal, atração da Rede Globo, anunciou que vai reflorestar uma área de sua fazenda com 200 mil mudas de árvores nativas da Mata Atlântica. Na novela, ele interpreta o personagem Zé Leôncio, fazendeiro que também tem preocupações ambientais.

A recuperação ambiental ocorrerá em uma área de 100 hectares da fazenda Vale das Palmeiras, propriedade que o ator adquiriu em 1997, localizada na Estrada Teresópolis-Friburgo, na Região Serrana do Rio de Janeiro. 

Conhecido por seus cuidados com o ambiente, Marcos Palmeira afirma que desenvolveu a consciência ambiental desde a adolescência, quando conviveu com comunidades indígenas. “Quando adolescente, fui morar em comunidades indígenas. Meu pai produziu um filme chamado ‘Terra dos Índios.’ Então, me relaciono com eles desde os meus 16 anos. E a partir deles, comecei a ter outro olhar para o tempo, com o que a natureza nos propõe”, conta Palmeira em entrevista publicada pelo Ecoa, do UOL.

O ator pretende firmar parcerias para estudos e pesquisas na área de sua fazenda. Marcos Palmeira acredita que uma grande ajuda ao ambiente pode ser o investimento na agricultura familiar e que é preciso dar espaço e incentivar esse trabalho.


LEIA TAMBÉM:

Maricá oferece internet e cursos de informática gratuitos

Moinho Fluminense iniciará obras para área multiuso

Grumari é considerada uma das 50 melhores praias do mundo


Projeto de Marcos Palmeira é realizado com o ITPA

O projeto de reflorestamento, explica o ator, é uma parceria com o ITPA (Instituto Terra de Preservação Ambiental), entidade reconhecida pelo trabalho de recuperação da Mata Atlântica. Palmeira ressalta que buscou a parceria para que o processo ocorra com todo cuidado, já que a produção em sua fazenda é totalmente orgânica. Ele acredita que o plantio das mudas deve ser concluído até o fim deste ano.

“Na natureza, não lido com prazos. Minha preocupação é com o futuro, mas acredito que até o fim do ano nós teremos essas árvores plantadas. Todo trabalho é uma expertise do instituto. Tem todo um protocolo. Faz o plantio, tem o controle com as formigas, e o replantio das mudas que não pegaram”, conclui o ator.


/