Mapeamento busca negócios sustentáveis na Baía de Guanabara | Diário do Porto

Sustentabilidade

Mapeamento busca negócios sustentáveis na Baía de Guanabara

Iniciativa quer criar um Mapa para incentivar ações ambientais e sociais, na Baía de Guanabara e nos municípios de seu entorno. Inscrições até 16 de abril

24 de março de 2021


Os negócios farão parte de um Mapa estratégico para o desenvolvimento sustentável da Baía de Guanabara (Foto: Inea / Divulgação)


Compartilhe essa notícia:


Até 16 de abril, empresas e empreendedores comprometidos em resolver problemas sociais e ambientais podem se inscrever para o 1º Mapa de Negócios Sustentáveis na Baía de Guanabara. A iniciativa busca integrar interlocutores que atuam para a preservação e despoluição da Baía e nos 17 municípios que fazem parte da sua bacia hidrográfica. Os interessados em participar podem se inscrever gratuitamente, em formulário on-line.

O objetivo do Mapa é contribuir para o fortalecimento de negócios que trazem impactos social e ambiental positivos para os municípios de Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, ltaboraí, Magé, Mesquita, Nilópolis, Niterói, São Gonçalo, São João de Meriti e Tanguá, além de parte de Cachoeiras de Macacu, Maricá, Nova Iguaçu, Petrópolis, Rio Bonito e Rio de Janeiro.

A iniciativa tem o apoio da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, em parceria com o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), o Sebrae Rio, a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) e o Instituto Humanize.

Ações para a Baia de Guanabara

Podem participar do Mapa startups, empreendimentos e organizações da sociedade civil que desenvolvem produtos, serviços e tecnologias sustentáveis. O mapeamento também é voltado a setores como agricultura, pecuária, manejo florestal, aquicultura, pesca, maricultura, turismo, saneamento e produtos e serviços sustentáveis.

O resultado do mapeamento será apresentado em maio. Os negócios integrantes do Mapa farão parte de uma rede de impacto com instituições estratégicas que atuam com desenvolvimento socioeconômico e ambiental. Além disso, os três negócios de maior destaque ganharão visibilidade em ações de comunicação dos organizadores.

 


LEIA TAMBÉM:

Rio Paraíba do Sul continua ameaçado no Dia Mundial da Água

Cury vai construir 1.200 apartamentos no Porto

Projeto BR do Mar quer ampliar o transporte naval