Mais nove blocos desistem de desfilar | Diário do Porto


Carnaval

Mais nove blocos desistem de desfilar

Riotur divulga nova lista de blocos cancelados. Segundo a empresa, a decisão partiu dos organizadores. Os mais tradicionais ainda correm para obter licença

1 de março de 2019

O Bloco Pra Iaiá é um dos que desistiram de desfilar, segundo a Riotur (reprodução internet)

Compartilhe essa notícia:


Até a noite desta quinta-feira 28, mais nove blocos haviam desistido de desfilar no Carnaval 2019. Segundo a Riotur, as desistências partiram dos organizadores dos blocos, não por decisão da Prefeitura. Os cancelados são os seguintes:

Sexta-Feira (1º)
Bloco Pra Iaia – Centro
Bloco Sinfônico – Centro

Sábado (2)
Afro Afoxé Dan Arar – Vila Isabel
Dragões da Riachuelo – Centro

Domingo (3)
Vai Tomar no Azul – Engenho de Dentro
Thriller Elétrico – Vila Isabel

Segunda-Feira (4)
Boca Maldita – Copacabana
Pede Passagem – Gávea
Raízes do Varandão – Vila Isabel

Os blocos mais tradicionais, por sua vez, representados pela Sebastiana e pela Liga dos Amigos do Zé Pereira, tentam cumprir as exigências impostas pela Riotur, como o “Nada a opor” da Polícia Militar, e confirmar todos os seus desfiles. A Sebastiana confirmou que o “Simpatia é quase amor” e o “Que merda é essa?”, ambos de Ipanema, conseguiram as autorizações da PM para desfilar dia 3.

 


LEIA TAMBÉM:

Os melhores blocos infantis do Carnaval 2019

Sai fora, cara. Não é não!

Como vão funcionar metrô, trens, saúde e limpeza no Rio


 

Já o Bloco do Barbas, que desfila sábado 2 em Botafogo, e o Carmelitas, que desfila nesta sexta 1º pelas ruas de Santa Teresa, ainda aguardavam a aprovação final do Corpo de Bombeiros até a noite de quinta. Segundo a associação, os dois blocos atenderam à recomendação do órgão para contratar ambulâncias.

Os blocos ligados da liga do Zé Pereira também estão com todas as documentações encaminhadas, como garantiu o presidente do grupo, Rodrigo Rezende. “Eu estive no Corpo de Bombeiros hoje e está todo mundo cinte e agilizando as documentações. Quero crer que vai dar tudo certo. Estou muito mais tranquilo e confiante do que eu estava”, disse Rezende.

O principal problema para a liga era a situação da Orquestra Voadora, que teve o pedido indeferido pela PM. O desfile é na terça-feira, no Aterro do Flamengo. “Já temos tudo certo e amanhã[sexta] é só buscar a aprovação definitiva na Riotur, graças a Deus”, disse Rezende.


/