Maior drone do Brasil será exibido em evento de inovação no Rio | Diário do Porto


Indústria

Maior drone do Brasil será exibido em evento de inovação no Rio

Atobá fará sua primeira exibição pública no Rio Innovation Week. Drone pode ser utilizado para monitoramento de queimadas na Amazonia

13 de janeiro de 2022

Atobá é o maior drone já fabricado no Brasil (divulgação/Stella Tecnologia)

Compartilhe essa notícia:


Desenvolvido pela carioca Stella Tecnologia, o drone Atobá será uma das principais atrações do Rio Innovation Week, principal evento de tecnologia do País, que começa hoje no Jockey Clube. Maior equipamento do tipo já fabricado no País, o Atobá pesa 500 kg e mede 11 metros entre uma asa e outra e pode voar por até 28 horas levando equipamentos de monitoramento com até 70 kg. O aparelho pode ser utilizado para acompanhamento da Floresta Amazônica e Oceano Atlântico, mapeando desmatamento, queimadas e agentes poluidores na chamada “Amazonia Azul”. O evento será palco da primeira exibição pública do Atobá.

Na sexta-feira, às 16h, o CEO da Stella Tecnologia, Gilberto Buffara Junior, fará uma palestra sobre a indústria das aeronaves não tripuladas e dará detalhes sobre o desenvolvimento do Atobá. Em entrevista ao site “Airway”, Buffara disse que o drone levou cinco anos para ser desenvolvido e o projeto custou R$ 11,5 milhões, valor que foi financiado pela própria empresa. O estudo ainda tem a participação de alunos de engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da universidade privada Estácio de Sá. O primeiro voo do aparelho foi realizado em 20 de julho de 2020, em uma pista particular no Rio de Janeiro.

Acreditada pelo Ministério da Defesa como EED (Empresa Estratégica de Defesa), a empresa foi fundada em 2015 por Eudes de Orleans e Bragança e Buffara Junior com o intuito de desenvolver tecnologias inovadoras no País na área de sistemas aéreos não tripulados. A Stella Tecnologia tem capacidade para produzir até quatro aeronaves por ano. Seus laboratórios permitem testes e ensaios de materiais, recursos fundamentais para o desenvolvimento de produtos aeronáuticos de alta tecnologia.

O drone foi batizado com o nome de um dos pássaros mais famosos e abundantes da costa brasileira. A espécie marrom é encontrada em praticamente todo litoral do País, especialmente nas ilhas próximas ao continente.


LEIA TAMBÉM:

Sebrae anuncia parcerias no Rio Innovation Week

Cdurp inicia recuperação da Orla Conde

Santos Dumont precisa aumentar segurança da pista, diz Ministério


/