Leia carta a Crivella para não fechar museus. Ele acusa o grupo Globo | Diário do Porto


Cidadania

Leia carta a Crivella para não fechar museus. Ele acusa o grupo Globo

Carta a Crivella pede que ele evite fechar o Museu do Amanhã, do MAR e da Cidade das Artes. Prefeito promete fazer nova concorrência

29 de agosto de 2019

Museu do Amanhã está fechado desde março, por conta da pandemia (foto: DiPo)

Compartilhe essa notícia:


Noventa cariocas de diversos setores profissionais, integrantes do movimento Juntos Somos + Rio, divulgaram uma carta pública ao prefeito do Rio, Marcelo Crivella, em defesa dos Museu do Amanhã, Museu de Arte do Rio e Cidades das Artes. A carta pede ao prefeito medidas para evitar que essas instituições culturais sejam fechadas, “em decorrência de corte nos orçamentos públicos e da não renovação dos contratos de gestão com as entidades que os administram”.

Crivella promete concorrência

Em postagem nas redes sociais, o prefeito reagiu à reportagem sobre a carta do movimento, publicada no jornal O Globo. O prefeito nega o risco de fechamento dos museus. Segundo ele, risco existe para o Rio de Janeiro “se não denunciar a contratação da Fundação Roberto Marinho para fazer obras milionárias nos museus sem processo de concorrência com transparência e honestidade”.

Crivella com exemplar do Globo na mão (reprodução da internet)
Crivella com exemplar do Globo (reprodução da internet)

Segundo Crivella, R$ 400 milhões foram desviados de obras previstas para os morros da Providência e do Pinto para aplicar no Museu do Amanhã. Já para o MAR, segundo o prefeito, foram retirados recursos da merenda escolar para a Fundação Roberto Marinho. Ele prometeu fazer uma concorrência correta para manter os museus em funcionamento. “Na minha administração, não dou dinheiro para a Fundação Roberto Marinho e não dou dinheiro para a TV Globo. O Povo não é bobo”, disse Crivella na gravação.

Secretária pediu demissão

Museu de Arte do Rio
MAR: o museu mais charmoso da cidade: segundo Crivella, dinheiro saiu da merenda escolar

A situação crítica das três instituições foi evidenciada no início do mês, quando Mariana Ribas pediu demissão do cargo de secretária municipal de Cultura e saiu reclamando da falta de verbas para a manutenção de equipamentos culturais. Até agora, o prefeito não nomeou alguém para substituí-la.

Os membros do Movimento Juntos Somos + Rio ressaltam principalmente a situação do Museu do Amanhã, que teria a possibilidade de ser fechado já no fim de novembro, por causa do encerramento do contrato de gestão com a Prefeitura.


LEIA TAMBÉM:

Concessionária deixará a operação de túneis do Porto

Prefeito volta a defender cassinos no Rio

Conheça 10 ícones da arquitetura da França no Rio


Eles solicitam uma solução de curto prazo, para que o fechamento não se concretize e seja preservado o patrimônio desse museu. Construído com projeto do premiado arquiteto espanhol Santiago Calatrava nas margens da Baía de Guanabara, o Museu do Amanhã tem, por exemplo, um complexo sistema de drenagem que impede que seu subsolo seja inundado. A falta de manutenção colocará esse sistema em risco.

A carta termina com uma oferta de colaboração dos signatários ao prefeito, “para contribuir na busca da melhor solução para interrompermos essa verdadeira tragédia cultural que seria a paralisação desses ícones culturais de nossa cidade”.

Leia a Carta e veja quem assina:

Excelentissimo Senhor Prefeito Marcelo Crivella

O Movimento Juntos Somos + Rio, representado pelos subscritores abaixo,  é uma organização civil sem vinculação partidária e formado por cariocas, “Riomaníacos”,  que desejam contribuir para o Rio voltar a ser uma cidade atrativa para se Viver, Trabalhar, Empreender e Visitar.

Tendo tomado conhecimento da iminente paralisação das atividades dos Museu do Amanhã, Museu de Arte do Rio e da Cidade das Artes, em decorrência de corte nos orçamentos públicos e da não renovação dos contratos de gestão com as entidades que os administram, vem manifestar, sua profunda preocupação com o destino dessas referencias culturais de nossa cidade.

Esses monumentos cariocas,  já considerados ícones da cultura de nossa cidade e responsáveis por atrairem centenas de milhares de turistas e moradores que os visitam e deles se orgulham, são um patrimônio que todos os que vivem e amam o Rio querem ver preservados.

Somente tomando como exemplo o Museu do Amanhã, o mais novo polo educativo e cultural de ciências da nossa cidade,  ele já é uma referência   cultural dentro e fora do país,  sendo hoje  um dos mais importantes destinos turísticos do Rio de Janeiro,  tendo recebido em 4 anos de operação mais de 4 milhões de visitantes além de diversos prêmios internacionais.

Como as notícias que nos chegam  que ocorreu um profundo corte no orçamento de custeio dos Museus pela Prefeitura do Rio, e que o   contrato de gestão com a atual instituição administradora  do Museu do Amanhã será encerrado no próximo dia 30/11/2019, preocupa-nos que até o momento não tenha havido um processo licitatório para a escolha do novo gestor, colocando assim em risco a continuidade de suas atividades.

Sabedores da complexidade da gestão daquele importante ativo público , com mais de 150 empregados e com um orçamento anual superior a R$35 milhões, além de possuir  vários  equipamentos de difícil manutenção e de alto risco de serem danificados defitinitivamente  numa eventual descontinuidade de uso, bem como das dificuldades burocráticas de um processo de transição, qualquer que seja o modelo adotado, parece-nos que  o curtíssimo prazo de pouco mais de 90 dias que se dispõe para uma adequada transição seja insuficiente, sendo urgente que se encontre uma solução de curto prazo que garanta a viabilidade  operacional do Museu do Amanhã.

Desta forma, os cidadãos do Rio  abaixo assinados, vêm respeitosamente solicitar  ao Excelentíssimo  Prefeito as mais urgentes providências no sentido de encontrar uma solução legal e política que  preservem os bens culturais de nossa cidade, pelo risco de que seja interrompida, ironicamente,  no ano que antecede ao maior encontro mundial de arquitetura e urbanismo que ocorrerá no Rio em 2020,  essa valiosa experiência cultural  que hoje muito nos orgulha e contribui para melhorar a autoestima de todos que aqui vivem e encantam aos que nos visitam.

Na expectativa de que teremos a acolhida rápida e necessária de Vossa Excelência ao nosso pedido, colocamo-nos a disposição para contribuir na busca da melhor solução para interrompermos essa verdadeira tragédia cultural que seria a paralização desses ícones culturais de nossa cidade.

Atenciosamente

Josier Marques Vilar – Movimento Junto Somos + Rio

 

Subscrevem este documento:

Alvaro Ciysneiro

Adolfo Mayer

Adriana Balthazar

Adriano Londres

Alan Chaves

Alexandre Arraes

Alfredo Cardoso

Ana Didier

André Guanaes

Andrea Gouvea Vieira

Andrea Repsold

Angela Leta

Antonio Marinha

Antônio Carlos Till

Aspasia Camargo

Bernardo Chacon

Carlo Caiado

Carlos Gadelha

Carlos Henrique Santos

Carlos Molina

Celia Domingues

Celso Niskier

Charles

Claudia Amaral

Cristiano Gloria

Daltro Borges

Daniela Almeida

David Zylberztajn

Denise Frossard

Dinis Abramovich

Edna Bessa

Eduardo Bastos

Eduardo Rebuzzi

Elizabeth Camarão

Enoi Guedes Vilar

Fabiana Bentes

Felipe Prazeres

Fernando Boigues

Fernando Velloso

Flavia Cirillo

Fred Luz

Gabriel Stoliar

Marco Aurelio Vieira

Gilberto Ururhay

Gustavo Ramos

Haroldo Lemos

Helio Paulo Ferraz

Hilton Koch

Jacyra Lucas

Jacob Kligerman

João Pedro Figueira

José Antônio Braga

José Maria Lopes

Joy Garrido

Juedir Teixeira

Leonardo Domingues

Liliana Rodriguez

Márcia Merquior

Marcelo Figueira

Marcelo Trindade

Marcio Coriolano

Marcio Rosa

Marcos Felipe Magalhães

Maria Elizabeth Brea

Maria   Elizabeth Vollu Aragon

Maria Candida Torres

Mariana Guedes Vilar

Marta Cirillo

Odilio Figueiredo Neto

Omar Cunha

Pamela Cezario

Paulo Manoel Protásio

Paulo Manoel Protásio Filho

Paulo Pinheiro

Pedro Cirillo

Rodrigo Vilar

Rogerio Garber

Romeu Domingues

Ronald Munk

Rosiska Darcy de Oliveira

Luiz Santini

Sávio Neves

Sérgio Souza

Solange Beatriz Palhares

Tania Furtado

Thiago Ungier

Valeria Siqueira

Washington Fajardo

Wilson Sartori


/