ISP lança ferramenta de análise criminal para cidades do RJ | Diário do Porto


Segurança

ISP lança ferramenta de análise criminal para cidades do RJ

Ferramenta ISPCidades tem o objetivo de dar suporte à identificação de problemas de segurança pública em todos as cidades do Estado

9 de dezembro de 2021

Ferramenta ISP Cidades disponibiliza dados para criação de políticas de segurança pública para os 92 municípios do Estado (Carlos Magno/Gov RJ)

Compartilhe essa notícia:


Na última edição de 2021 do programa CapacitaRJ, o Instituto de Segurança Pública (ISP) lançou o dossiê e a ferramenta de análise ISPCidades. Hospedada no site do ISP, a ferramenta promove uma análise dos indicadores municipais de criminalidade e tem o objetivo de dar suporte à identificação de problemas locais. A ação permite que os gestores públicos consigam planejar melhor a estruturação e aplicação de políticas públicas.

O ISPCidades já está disponível em um painel de visualização para toda a sociedade. Agora o CapacitaRJ, iniciativa da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, vai apresentar as funcionalidades da ferramenta para as 92 cidades do estado. Diretora-presidente do ISP, Marcela Ortiz participou de uma palestra na qual explicou as funcionalidades da ferramenta a servidores públicos municipais.

“O ISPCidades foi elaborado com o intuito de ajudar os 92 municípios do Estado e os órgãos estaduais a verem a realidade da segurança pública em um cenário micro. Ao colocar o painel a serviço das cidades do estado, o ISP cumpre o seu principal papel que é, há 22 anos, produzir informações e disseminar análises que subsidiem a implementação das políticas públicas e levantem o debate sobre a segurança pública, garantindo a participação social”, disse.


LEIA TAMBÉM:

Nissan pinta faixas de pedestres com as cores LGBTQIA+

Paes diz que ministro prejudica o Rio e beneficia SP

Estado retoma obras da nova sede do MIS


Ferramenta inteligente para as cidades

Estruturado para ser de fácil consulta, o ISPCidades permite ao usuário compreender aspectos e dinâmicas sociais e criminais que impactam a qualidade de vida no município. A ferramenta foi pensada para sistematizar os indicadores nos eixos Espaço Público e Grupos Vulneráveis. No primeiro, dividido nas categorias trânsito, convivência urbana, patrimônio pleno acesso ao espaço público e vida (crimes ou tentativas de crimes), é possível encontrar uma visão mais ampla dos conflitos sociais e criminais que acontecem nos municípios.

Já no eixo Grupos Vulneráveis, formado por Crianças e Adolescentes, Jovens, Mulheres, População Negra e LGBTI+, o ISP disponibiliza dados de vitimização de grupos sociais específicos, que possuem características que os tornam mais suscetíveis a sofrerem determinadas violações de seus direitos. Em cada um dos dois eixos, o usuário acessa dimensões, que agregam indicadores criminais que possibilitam entender melhor os temas escolhidos.

O ISPCidades conta ainda com um ranking que possibilita a consulta da dimensão por grupos de municípios. Foram constituídas seis faixas de acordo com o tamanho populacional. Os municípios com até 100 mil habitantes foram agrupados em cinco faixas. São comparados apenas os municípios de tamanho e população similares.

Ao selecionar a faixa populacional e o indicador, o usuário terá como resultado uma tabela com os municípios, ordenados pelos dados do tipo de crime escolhido. Desta forma, é possível comparar cidades da mesma faixa populacional em cada dimensão. A ferramenta fornece ainda uma visualização da variação do comportamento do indicador em dois anos subsequentes.

A iniciativa do ISP se integra ao trabalho de análise de indicadores de ações do governo, que vem sendo realizado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão. Para acessar e conhecer a ferramenta ISPCidades clique aqui: http://www.ispvisualizacao.rj.gov.br/cidades.html


/