Instalação no MAC Niteroi desconecta público do celular | Diário do Porto


Exposição

Instalação no MAC Niteroi desconecta público do celular

Em uma sala escura no MAC Niterói, público entra em contato com sons e projeções interativas que conduzem a uma experiência mindfulness (atenção plena)

26 de dezembro de 2021

Instalação imersiva no MAC Niterói desconecta público do celular (divulgação/MAC Niteroi)

Compartilhe essa notícia:


Em cartaz até o próximo dia 30 no Museu de Arte de Contemporânea (MAC) de Niteroi, a instalação de arte e tecnologia “Quiet Room” quer desconectar o visitante do seu celular. A obra propõe um exercício de introspecção por meio da desconexão da internet e dos dispositivos “smart”. O objetivo é que, ao menos por alguns minutos, os visitantes desliguem-se das redes e mergulhem no momento.

Para participar da experiência, o primeiro passo é colocar o telefone celular no bolso. Depois, o visitante é convidado a entrar em uma sala escura em que por oito minutos se conectará com sons e projeções interativas de paisagens, que proporcionam uma experiência de mindfulness (estar totalmente presente no momento).

Com cinco metros de largura, quatro de altura, e dez de profundidade, a instalação é cercada de recursos tecnológicos, como sensores que captam a movimentação dos participantes à distância. Desde a sua concepção, “Quiet Room” previa a interação sem necessidade de contato físico e, com a pandemia, novas medidas foram adotadas, como cortina de tecido, tratamento antibacteriano e equipamentos de filtragem do ar. Para respeitar o distanciamento social, o MAC limitou a oito o número de visitantes por sessão.

Fundador da Deeplab Project, Felipe Reif é o responsável pela concepção da instalação em colaboração com o artista francês Parse/Error e a especialista em mindfulness Regina Giannetti. Ele conta que o trabalho envolveu diversos testes e neles foi possível observar como ‘se desligar do mundo’ pode ser mais difícil do que parece. “No início da experiência, que é menos visual, os visitantes sentiam falta da recompensa que o cérebro fornece quando acessamos nossos celulares. Porém, na medida em que a experiência evolui, a sensação de ansiedade diminui e percebemos uma quietude absoluta na sala”, revela.

Mindfulness” é o estado de consciência que surge quando focalizamos a atenção no aqui – agora. A instalação convida à experiência desse estado por meio da respiração, de movimentos e da interação com o ambiente. Convida também à reflexão do quanto estamos alheios ao que nos cerca enquanto a mente viaja para o futuro, passado ou outro lugar. E é no presente que a vida realmente acontece”, avalia Regina Giannetti, instrutora de mindfulness e criadora do podcast Autoconsciente.

“Quiet Room” faz parte de uma série de quatro experiências autorais propostas pela Deeplab Project sobre temas relevantes da sociedade por meio de instalações que misturam arquitetura, design e tecnologia. Redes sociais, interação do homem com o ambiente e conexões humanas são interpretados pelo estúdio em exposições itinerantes que percorrem o País nos mais diversos espaços culturais.

Serviço

Quiet Room

De terça a domingo, das 10h às 18h

Até 30 de dezembro de 2021

Local: MAC Niterói

Endereço: Mirante da Boa Viagem, sem número

Ingresso: R$ 12 (inteira). R$ 6 (meia-entrada) –

Venda: pelo site da Sympla (https://www.sympla.com.br/eventos?s=MAC+Niteroi&tab=eventos) ou na bilheteria do Museu. A entrada deve ser feita até as 17h30.

Informações: (21) 2722-1543 

 facebook: macniteroi.oficial 

instragram: @macniteroi


LEIA TAMBÉM:

Águas do Rio inicia projeto social em Maricá

Bichos do BioParque têm “banquete natalino”

Caro Papai Noel…

 


/