Icatu vai ocupar 5 andares do Aqwa Corporate, no Porto | Diário do Porto


Imóveis

Icatu vai ocupar 5 andares do Aqwa Corporate, no Porto

Com 6,5 milhões de clientes, a Icatu é uma das maiores seguradoras do país. A Tishman Speyer, dona do Aqwa, também espera fechar contrato com a Caixa

20 de dezembro de 2019

AQWA Corporate inaugura dois novos restaurantes em janeiro (divulgação/Tishman Speyer)

Compartilhe essa notícia:


A Icatu Seguros será a mais nova empresa a se transferir para o Porto Maravilha. O jornalista Ancelmo Gois, de O Globo, publicou em sua coluna que a empresa vai ocupar 5 andares do edifício Aqwa Corporate, um dos mais modernos do Brasil.

Com 6,5 milhões de clientes, a Icatu está entre as maiores seguradoras brasileiras, com foco nos setores de previdência privada, seguro de vida, capitalização e fundos de investimento. A empresa tem cerca de R$ 45 bilhões sob sua gestão e atua em várias cidades do país,.

O Aqwa, que fica ao lado da roda gigante Rio Star, já havia fechado contrato neste ano para receber a sede da Enel Brasil em 4 de seus 21 andares. Também houve negociações para que a Caixa Econômica Federal transfira para lá parte de seus escritórios no Rio, ocupando 3 andares.

A Enel Brasil tornou-se o maior grupo em distribuição de energia do país, ao comprar a antiga Eletropaulo, no ano passado. Está presente em distribuição, geração, transmissão, comercialização e soluções de energia. Tem 17 milhões de clientes no Rio de Janeiro, Ceará, Goiás e São Paulo.

Novos investimentos

Já a Caixa é a gestora dos fundos de investimento que tornaram possível as obras de requalificação urbana da Região Portuária, concretizando o Porto Maravilha. Os investimentos no projeto geridos pela Caixa, a partir de recursos do FGTS, chegam a R$ 8 bilhões.

Se todos os negócios no Aqwa se confirmarem, crescem as chances da Tishman Speyer, dona do edifício, realizar investimentos para uma segunda torre, em um terreno ao lado do Aqwa. A direção da empresa vem analisando essa possibilidade, assim como também a de lançar um empreendimento residencial no Porto Maravilha, o  Lumina, cujo projeto passa por uma redefinição.


LEIA TAMBÉM:

Gigante Enel Brasil ancora no Porto Maravilha

Porto Maravilha espera grandes projetos residenciais

Tishman reformula projeto residencial no Porto


A Tishman Speyer, que possui outras áreas na região, tem sede em Nova York e escritórios por toda América do Norte, Europa, América Latina, Índia e China. Seus investimentos em empreendimentos imobiliários ao redor do mundo são avaliados em mais de US$ 86 bilhões.

Essa lista inclui ícones internacionais como o Rockefeller Center, o Estádio Yankee, em Nova York, o Messeturm e Opernturm, em Frankfurt, Sony Center em Berlim, Centrium, em Londres, Lumière e Bourse, em Paris, dentre outros. No Brasil há 24 anos, desenvolveu alguns dos grandes marcos do mercado imobiliário de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília.

A ida da Icatu para o Porto Maravilha confirma o movimento de consolidação da região como sede de grandes grupos empresariais e de investimentos em turismo. Neste ano, o grupo Bradesco Seguros instalou-se em sua nova sede, próxima à Rodoviária do Rio. A Unimed fechou acordo para ocupar instalações no edifício Novo Cais, no Santo Cristo. O grupo Autonomy comprou as instalações do Moinho Fluminense e prepara um grande empreendimento no coração do Porto. A roda gigante Rio Star começou a funcionar e, para o primeiro semestre do próximo ano, espera-se a inauguração de um centro gastronômico no edifício Touring, na Praça Mauá.


/