Hospital de Maricá recebe presente de filha de Che Guevara | Diário do Porto


Saúde

Hospital de Maricá recebe presente de filha de Che Guevara

Prefeito Fabiano Horta recebeu retrato em cerâmica com a imagem do guerrilheiro Che Guevara dada de presente pela filha do guerrilheiro

18 de dezembro de 2021

Guerrilheiro dá nome a hospital público em Maricá (Alberto Korda)

Compartilhe essa notícia:


O Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara, em Maricá, ganhou um adereço mais que especial para sua decoração: a imagem do guerrilheiro que deu nome à instalação pintada em cerâmica. A peça foi doada pela própria filha de Che, Aleida Guevara. O presente foi entregue ao prefeito Fabiano Horta pelo emissário e líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra, João Pedro Stédile. E veio com pedido especial de Aleida para afixá-lo na parede do hospital que leva o nome do pai.

Líder do MST, João Pedro Stédile, entrega imagem do guerrilheiro em cerâmica enviada pela filha Aleida ao prefeito Fabiano Horta (divulgação/Prefeitura de Maricá)

A obra reforça o simbolismo do nome escolhido pela gestão de Maricá para o espaço: um hospital com medicina humanista, que assegura o direito e acesso de todos a saúde gratuita e de qualidade, um desejo do guerrilheiro herói da Revolução Cubana que foi capturado e assassinado nas selvas da Bolívia em 1967.

Médica, Aleida Guevara esteve em Maricá para acompanhar a construção do hospital em duas ocasiões, em 2016 e 2018. Durante as visitas, ela conheceu todas as dependências internas do local ainda em obras.

Em suas redes sociais, o prefeito Fabiano Horta destacou como especial a lembrança da filha de Che, assegurando que o presente será afixado na unidade de saúde.

“Recebi uma linda cerâmica com o rosto do Che Guevara estampada, uma grata surpresa! A pintura artística foi enviada pela filha desta figura revolucionária de nossa história, e com um pedido especial: que ela seja instalada em nosso hospital, o Che. Um valor simbólico gigante e uma bela homenagem”, afirmou.


LEIA TAMBÉM:

Alerj fecha ano mais produtivo de sua história recente

Firjan comemora saldo do leilão de excedente do Pré-Sal

Senac RJ assume restaurante do Tribunal de Justiça


Hospital Che Guevara foi trincheira no combate à Covid-19

Foi a partir da abertura do Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara, em maio de 2020, que Maricá avançou no enfrentamento à pandemia da Covid-19. Construído com recursos próprios da Prefeitura em uma área de 13 mil m² às margens da rodovia RJ-106, o hospital passou a funcionar como polo de atendimento aos casos mais graves de infecção pelo coronavírus.

Cerca de 2.600 pessoas com Covid-19, entre moradores de Maricá e de cidades vizinhas, já foram atendidas em leitos do Centro de Terapia Intensiva (CTI) e nas unidades semi-intensivas do Che Guevara.


/