Carnaval

Haters, tremei: carnaval carioca gera R$ 3,5 bi

O carnaval carioca de 2019 tem sido uma festa de recordes, com 1,6 milhões de turistas. E tem mais. Veja informações sobre o Desfile das Campeãs e os blocos

9 de março de 2019
Bloco das Poderosas: carnaval carioca bate recordes (Fernando Maia/Riotur)

Compartilhe essa notícia em sua rede social:

Quem não gosta de samba, mas gosta de dinheiro, precisa rever seus conceitos. E quem resume o Carnaval a bagunça – ou pornografia – tem que conhecer os números. O carnaval carioca de 2019 atraiu 1,62 milhão de visitantes. Isso representa um crescimento de 8% em relação a 2018, quando o Rio recebeu 1,5 milhão de turistas, e já parecia que não ia caber mais ninguém nos blocos! Quando o assunto é geração de alegria e renda, sempre cabe mais um.

O tempo de permanência dos turistas bateu outro recorde. No ano passado, a galera ficou, em média, de 6 a 8 na cidade, e agora passou para 7 a 11 dias. “Ah, mas esse pessoal faz mais bagunça do que gasta dinheiro”, insistirão os haters. Pois a ocupação hoteleira também registrou recorde no carnaval carioca de 2019.

Rede hoteleira comemora

A taxa de ocupação dos quartos foi de 90,6%, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH). É uma alta de 3,6% ante 2018, quando a ocupação foi de 87%.

A receita gerada com o carnaval carioca de 2019, segundo estimativa da Riotur, foi de R$ 3,78 bilhões, uma alta de 26% na comparação com o ano passado (R$ 3 bilhões). A dinheirama circulou nos setores de comércio, serviços, hotelaria, gerando renda e trabalho para o carioca.

 


VEJA TAMBÉM:

Ressaca de Carnaval: os blocos do fim de semana

Desfile das Campeãs: as escolas e seus sambas

Frente de Turismo defende legalização de cassino no Brasil


“Ainda bem que o carnaval acabou, ninguém aguenta mais”, suspira quem não gosta de samba. Sorry, mas o fim de semana continua agitado e quente. São 24 os desfiles de bloco neste fim de semana, contando só os oficiais, registrados pela Riotur.

Casal de mestre-sala e porta-bandeira da Mangueira 2019
A campeã Mangueira: nota máxima em 2019 (Fernando Grilli/Riotur)

A folia começou cedinho no sábado pós-carnaval, às 8h, com Anitta e seu Bloco das Poderosas, no Centro. Deu trabalho para os órgãos públicos de segurança e limpeza, mas correu tudo bem, como quase sempre no carnaval carioca. Outra atração do dia foi o Mulheres de Chico, no Leme. Sem contar, é claro, o Desfile das Campeãs, com a reapresentação de Mocidade, Salgueiro, Portela, Vila Isabel, Viradouro e a campeã, Estação Primeira de Mangueira.

Anitta comanda o Bloco das Poderosas no Centro
Anitta comanda Bloco das Poderosas  (Fernando Maia/Riotur)

No domingo, dia 10, foram 15 desfiles, com destaque para Monobloco, no Centro, e Fofoqueiros de Plantão, no Jardim Botânico. Em Padre Miguel houve o “Tamo junto in folia”.

Guarda Municipal: samba e futebol

A Guarda Municipal mobilizou 986 agentes para os blocos no fim de semana. Outros 580 foram para o entorno do Sambódromo, para o Desfile das Campeãs. Para os jogos pelo Campeonato Carioca, no Maracanã, foram 352 guardas municipais. No sábado jogaram Flamengo e Vasco, e, no domingo, Fluminense e Cabofriense.

Compartilhe essa notícia em sua rede social: