Sentaí | Diário do Porto

Sentaí

Fundado em 1950, quando o Rio de Janeiro ainda era capital do Brasil, o restaurante Sentaí se reinventou sem perder o ambiente familiar e a qualidade da cozinha. A casa trocou os tradicionais e gordurosos pratos portugueses por um cardápio mais leve, com frutos do mar e carnes, como picanha e filé mignon.

Compartilhe essa notícia:


A lagosta é o prato símbolo do Sentaí. Foto: Reprodução Facebook

Fundado em 1950, quando o Rio de Janeiro ainda era capital do Brasil, o restaurante Sentaí se reinventou sem perder o ambiente familiar e a qualidade da cozinha. A casa trocou os tradicionais e gordurosos pratos portugueses por um cardápio mais leve, com frutos do mar e carnes, como picanha e filé mignon.

O prato símbolo do Sentaí ainda é a lagosta, tradição da casa, mas a principal pedida é o festival de camarão. São cinco opções: camarão à paulista, risoto de camarão, moqueca de camarão, bobó de camarão e camarão com catupiry.

Os bolinhos de bacalhau não poderiam faltar. Foto: Reprodução Facebook

Como em toda “casa portuguesa com certeza”, não tem graça ir ao Sentaí e abrir mão das melhores tradições da terrinha, que também são cariocas. Comece com o bolinho de bacalhau. A menos que você tenha ideia melhor para acompanhar a cerveja gelada.

O restaurante fica em uma das regiões menos revitalizadas do Porto Maravilha, mas o acesso é facílimo. De caminhada, fica a 400 metros da entrada do Palácio Itamaraty e da Central do Brasil, a estação mais próxima do metrô.