Galpão Aplauso | Diário do Porto

Galpão Aplauso

O Galpão Aplauso promove capacitação e inserção no mercado de trabalho. Seu público-alvo é formado por jovens com baixa escolaridade e sem formação profissional. Mais de 11 mil, com idades entre 15 e 29 anos, já participaram de oficinas profissionalizantes para a indústria de infraestrutura e serviços. Atividades complementares como teatro, dança, música, artes plásticas, aulas de circo, reforço de português e matemática e a disciplina de Valores e Virtudes totalizam a formação dos jovens. 


Compartilhe essa notícia:


Galpão Aplauso
Capacitação para mercado de trabalho (Foto: Reprodução Facebook)

O Galpão Aplauso promove capacitação e inserção de jovens de baixa renda no mercado de trabalho. O Método de Educação para o Trabalho da instituição abrange iniciativas nas áreas cultural, artística e empresarial. Seu público-alvo é formado principalmente por jovens com baixa escolaridade e sem formação profissional. Jovens de 15 a 29 anos participaram de oficinas profissionalizantes para a indústria de infraestrutura e serviços. Tudo isso fica em uma área grande, anteriormente abandonada, pertinho da Rodoviária Novo Rio, no Santo Cristo.

Atividades complementares como teatro, dança, música, artes plásticas, aulas de circo, reforço de português e matemática e a disciplina de Valores e Virtudes completam a formação dos jovens. Estudos já feitos indicam que alunos do Galpão Aplauso aumentam sua renda em quase 50%, cinco meses após a conclusão dos cursos.

O “Método de educação para o emprego”, criado pelo Galpão Aplauso, é inovador porque explora as dimensões sócio-afetivas que o aluno teve na primeira infância. E avança nos resultados pragmáticos, ou seja, na inserção do jovem no mercado de trabalho.

HISTÓRIA

Em meados dos anos 90, a economista Ivonette Albuquerque resolveu criar um pequeno projeto para atender a 20 jovens que estivessem à margem da sociedade, sem oportunidades reais de serem inseridos no mercado de trabalho e consequentemente sem acesso ao mercado consumidor. Nascia o Projeto Galpão Aplauso.

A ideia inicial era atender apenas aos 20 jovens, dando formação artística. Os destaques nos cursos seriam divulgados em sua revista Aplauso, que deu nome ao projeto. Só que o primeiro e até hoje principal patrocinador da ideia, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), só firmava a parceria se fossem 300 jovens. Desde então, novos projetos surgiram e ao longo de uma década, mais de 11 mil jovens já tiveram suas vidas transformadas pelo Galpão Aplauso.

Em 2014, a ONG recebeu um prêmio do Tesouro americano de melhor projeto social. Veja no youtube a homenagem de gratidão feita pelos alunos do Galpão para o então presidente Barack Obama. Mais de 11 mil jovens em situação de vulnerabilidade social, passaram pelo local. O Galpão Aplauso recebeu do BID uma missão nobre: ampliar o conhecimento sobre a sua metodologia de sucesso para outras ONGs de todo o mundo.


/