Centro Cultural José Bonifácio | Diário do Porto

Centro Cultural José Bonifácio

O palacete centenário, em estilo renascentista, que chama a atenção de quem passa pela Rua Pedro Ernesto, abriga centro cultural criado preservar a memória afro-brasileira no país. Faz parte do Circuito da Pequena África. Há biblioteca, oficinas, cursos, exposições e teatro, entre outras atrações.


Compartilhe essa notícia:


Palacete fica na esquina da Rua Pedro Ernesto com do Livramento. Foto: Alexandre Macieira/Riotur

“Ao povo o governo” são os dizeres, em alto relevo, na fachada do palacete centenário em estilo renascentista que chama a atenção de quem passa pela Rua Pedro Ernesto, paralela à Rua do Livramento, a 750 metros da Cidade do Samba. O Centro Cultural José Bonifácio fica em um prédio fundado em 1876 pelo imperador D. Pedro II para sediar a primeira escola pública da América Latina. Nasceu nobre, com vocação definitiva para a educação e a cultura.

Desativado em 1977, o prédio deu lugar à Biblioteca Popular Municipal da Gamboa e, após uma restauração caprichada, virou Centro Cultural José Bonifácio, com o intuito de preservar a cultura afro-brasileira no país. Faz parte do Circuito Histórico e Arqueológico da Celebração da Herança Africana, o circuito da Pequena África, assim como o Cemitério dos Pretos Novos, a Pedra do Sal e o Jardim Suspenso do Valongo.

Tesouros preservados

Estão preservados no prédio detalhes valiosos, como as esculturas na fachada, a deslumbrante escada no hall de entrada — em madeira nobre e com dois dragões esculpidos na base —, pátio arborizado e painéis de azulejos pintados com mapas que mostram as transformações da região.

A mais recente restauração ocorreu dentro do programa Porto Maravilha Cultural, que destina 3% da venda dos Certificados de Potencial Adicional de Construção (Cepacs) à recuperação do patrimônio artístico, histórico e cultural da Região Portuária. Foram investidos R$ 3,8 milhões na restauração, incluindo pisos, telhados, fachadas, forros, esquadrias, revestimentos e ornamentos.

Biblioteca, exposições, teatro e cursos

No local há uma biblioteca especializada com mais de 750 títulos e realiza atividades cotidianas de oficinas, cursos, espetáculos e exposições, todas gratuitas. Há cinco galerias para exposições, uma sala de teatro com capacidade para 100 pessoas, auditório para 50, quadra aberta para eventos externos para 300 pessoas, cinco salas para atividades diversas e uma outra sala exclusivamente dedicada à dança.

O Centro Cultural José Bonifácio tem 2.356 metros quadrados, divididos em três pavimentos e 18 salas. Há sistema de ar condicionado e adaptações de acessibilidade: rampas e elevador. No primeiro pavimento fica a biblioteca com acervo qualificado nas temáticas africana e afro-brasileira, livraria especializada, espaço exposição para arqueologia (com achados do Cais do Valongo), minicentro de Convenções e administração.

Restaurante-escola

O restaurante-escola de culinária afro-brasileira funcionar no prédio anexo para servir como espaço de formação profissional e opção de lazer para frequentadores e visitantes. Já o segundo andar tem exposições e salas para cursos e oficinas voltados às culturas africana e afro-brasileira.

O Centro Cultural José Bonifácio é aberto de terça a domingo, das 10h às 18h. Está sob a coordenação da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e o Instituto Rio Patrimônio da Humanidade.