Andrea's Café | Diário do Porto

Andrea’s Café

A decoração descolada, com ar condicionado, inspira bons papos e abre o apetite. Tem ar condicionado e opções variadas: lanches, almoço, café, sobremesas, sorvetes. Para comemorações de grupo, não cobram aluguel ou taxa de serviço.

Andrea Lopes, a dona (Facebook)
Compartilhe essa notícia:


Ambiente é descontraído (foto Facebook)

A decoração descolada inspira bons papos e abre o apetite. Tem ar condicionado e opções variadas: lanches, almoço, café, sobremesas, sorvetes. Para comemorações de grupo, não cobram aluguel ou taxa de serviço.

A comida é caseira. O pedido que mais sai é o contra-filé. A “feijoada gourmet” é chamada assim porque só tem carnes nobres. E a “carne assada artesanal”, que não usa panela de pressão e só tem temperos naturais? Fala sério, é muito bom. A dona, Andrea Lopes, é quem cozinha, cuida do caixa e serve a comida.

Está aberto desde 2011, fazendo parte do “ecossistema” do Largo da Prainha. É pertinho da Praça Mauá, e a maioria dos frequentadores é de funcionários que trabalham pelas redondezas. Os preços variam do frango (R$ 22) ao Filé Mignon (R$ 32).