Guarda Municipal volta a ser azul e tem carros novos | Diário do Porto


Segurança

Guarda Municipal volta a ser azul e tem carros novos

Prefeito entrega 287 veículos da Guarda Municipal em São Cristóvão. A expectativa é que reduza a desordem em áreas como da Rodoviária e a Central do Brasil

12 de novembro de 2018

Novos carros da Guarda Municipal

Compartilhe essa notícia:


Carros novos são entregues à Guarda Municipal em São Cristóvão
Carros novos são entregues à Guarda Municipal em São Cristóvão (fotos Edvaldo Reis)

A Guarda Municipal do Rio de Janeiro começa a semana de cara nova. Até a cor mudou: o azul voltou, no lugar do bege. O mais importante, no entanto, foi a renovação da frota. O próprio prefeito, Marcelo Crivella, entregou os 287 veículos alugados na sede da instituição, em São Cristóvão.

A contrato de locação de veículos, renovado agora, usa recursos do Fundo Especial de Ordem Pública. O Fundo é administrado pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop). Serão pagos R$ 20.789.570,40, em 24 meses, pelo aluguel de veículos novos e manutenção preventiva e corretiva.

A frota que está sendo substituída, conforme prevê o contrato, é de 2015. Por serem de uso severo, os veículos têm maior desgaste e vida útil inferior à de um carro particular. Os 287 veículos alugados se somam aos 153 carros próprios da Guarda Municipal, chegando ao total de 440.

Os novos veículos são os seguintes:
• 110 carros leves;
• 88 picapes (26 pequenas e 62 grandes, uma delas para transporte de cães);
• 31 vans (uma também adaptada para cães);
• 58 motocicletas (modelos Honda XRE 300 cilindradas e Honda NC 750 cilindradas).

VEJA MAIS

Prefeitura estuda área para construir 5 mil casas populares

VLT volta a parar por falta de segurança

Diretor da Odebrecht diz que Santo Cristo é mais seguro do que Botafogo

Os veículos da Guarda vão para a rotina diária de patrulhamento, fiscalização do trânsito, visitas às unidades escolares, ações nas praias, pontos turísticos, praças, parques e áreas de preservação ambiental. A mudança de cor, segundo e Prefeitura, não onera os cofres municipais porque o contrato de locação já previa a renovação da frota.

A nova cor, usada pela Guarda por dez anos, de 1993 a 2003, segue recomendação do Estatuto das Guardas Municipais, que padroniza o uso de uniformes e equipamentos em azul-marinho.

Prefeito faz a entrega dos novos carros
Prefeito faz a entrega dos novos carros

– Essa nova frota representa mais segurança. O povo do Rio precisa de mais segurança para andar nas ruas, ir à escola, fazer comércio, prestar serviços e atrair investimentos de fora. O Rio foi vítima dos seus últimos governantes e viveu a pior crise da sua história. Isso precisa ser superado, e segurança é o primeiro passo – disse Crivella.

A sede da Guarda, onde o prefeito entregou os carros novos, é na Rua Pedro II, em São Cristóvão, coladinho ao Porto Maravilha. Isso significa que os moradores da região estão entre os que mais vão sentir a diferença, pelo menos a visual.

O DIÁRIO DO PORTO torce para que essa diferença vá muito além da mudança de cor. É preciso que o investimento resulte em um ordenamento mais eficiente de áreas estratégicas para a cidade do Rio de Janeiro. As áreas em torno da Rodoviária Novo Rio e da Central do Brasil, que hoje causam péssima impressão a quem chega ao Porto Maravilha, estão entre as mais carentes de ordenamento.

Para a comandante da Guarda Municipal, inspetora geral Tatiana Mendes, retornar a cor azul é um sonho antigo da instituição.

– Nossa identificação se perdeu no tom cáqui, que é muito claro. Em breve faremos a aquisição dos uniformes na cor azul marinho. Com certeza fará toda a diferença na nossa cidade – declarou a comandante.


/