Grupo reivindica faixa reversível na rodovia BR-040 | Diário do Porto


Mobilidade

Grupo reivindica faixa reversível na rodovia BR-040

Tragédia em Petrópolis acelerou debate para implantação de faixa reversível na BR 040. Objetivo é melhorar acesso e desafogar trânsito no Centro

25 de fevereiro de 2022

Grupo pede implantação imediata de faixa reversível na BR 040 (divulgação/Fecomércio RJ)

Compartilhe essa notícia:


O assessor da Presidência da Fecomércio RJ, Delmo Pinho, e os presidentes do Sicomércio Petrópolis, Marcelo Fiorini, e do Sindicato de Hospedagem e Alimentação de Petrópolis, Germano Valente, se reuniram com o secretário de Infraestrutura e Obras do estado do Rio de Janeiro, Max Lemos, e o deputado federal Hugo Leal (PSD) para discutir a antecipação e implantação imediata da faixa reversível da BR-040 (Rio-Petrópolis-Juiz de Fora), que liga os bairros Bingen ao Quitandinha, em Petrópolis.

A tragédia das chuvas na cidade acelerou os debates para criação da faixa que busca melhorar o acesso e desafogar o trânsito no centro da Cidade Imperial. A proposta será enviada ao Ministério da Infraestrutura.

No encontro, ficou acertado que um acordo de cooperação técnica entre a Agência Nacional Transportes Terrestres, Governo do Estado, prefeitura de Petrópolis e a concessionária Concer, que administra a rodovia que liga o Rio a Minas Gerais, será assinado até a Quarta-Feira de Cinzas. O documento prevê o início dos testes da pista em mão dupla no trecho Bingen-Quitandinha em no máximo dez dias. Outras melhorias, como implantação de divisórias rígidas e flexíveis de tráfego, reforço de sinalização e da iluminação da via para períodos com neblina, foram discutidas na reunião.

Nos últimos meses, a Fecomércio RJ vem atuando sistematicamente nos assuntos que tratam das melhorias e operação da BR-040. Se já estivesse implantada, a faixa reversível teria melhorado o fluxo de veículos de apoio envolvidos no atendimento às vítimas das enchentes na cidade que até ontem causaram a morte de 210 pessoas, segundo boletim divulgado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro.


LEIA TAMBÉM:

Santuário Cristo Redentor e Águas do Rio em parceria pelo saneamento

Sambódromo terá iluminação cenográfica permanente

Alerj aprova criação do monumento da Serra da Maria Comprida

 

 

 


/