Governo em alerta contra petróleo em praias do Rio | Diário do Porto


Tragédia

Governo em alerta contra petróleo em praias do Rio

Inpe anunciou no início do mês que praias do Estado do Rio podem ser atingidas pela mancha de petróleo. Governo treina técnicos para situações de emergência

13 de novembro de 2019

Técnicos ambientais estão sendo treinados no Porto do Açu, no Noroeste Fluminense (foto: Inea / Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


O Inea (Instituto Estadual do Ambiente) está treinando equipes para agirem, caso manchas de petróleo cheguem às praias do Estado do Rio. As primeiras manchas atingiram as praias do Nordeste no início de setembro. Nos últimos dias, já foram vistas em sete pontos do litoral do Espírito Santo.

O Governo do Rio criou um grupo de trabalho especial para acompanhamento e vigilância na costa fluminense. O grupo é coordenado pela secretária do Ambiente e Sustentabilidade, Ana Lúcia Santoro, e composto por especialistas da Secretaria e do Inea, com participações da Marinha, UFRJ e de empresas do setor.

A possibilidade de as praias do Estado do Rio serem atingidas foi anunciada pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) no início do mês. O órgão foi acionado pelo comitê de crise do Governo Federal e atua para detectar a movimentação da mancha e indicar locais com óleo no mar.

De acordo com o oceanógrafo Ronald Souza, que lidera o grupo de pesquisas, a hipótese é de que haja muito mais óleo em oceano aberto e há possibilidade desse material se espalhar por outros pontos da costa brasileira.


LEIA TAMBÉM:

Prefeitura não paga, e MAR dá aviso prévio a funcionários

Pesca ilegal de camarão ameaça Baía de Guanabara

Rio alcança o 2º lugar em exportações


Cerca de 80 técnicos da Defesa Civil estadual, do Corpo de Bombeiros, do próprio Inea e de militares do Exército foram treinados na semana passada para atendimentos de emergência. O treinamento incluiu atividade prática na praia, com simulação de procedimentos, se forem confirmados avistamentos de óleo.

Ontem, o Inea finalizou a capacitação de técnicos ambientais dos municípios de São Francisco do Itabapoana, São João da Barra, Campos dos Goytacazes, Carapebus, Quissamã, Rio das Ostras, Casimiro de Abreu, Macaé, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Búzios e Saquarema.

O treinamento foi realizado nas instalações do Porto do Açu, em São João da Barra. Inicialmente, a capacitação foi destinada a municípios do Noroeste Fluminense e Região do Lagos.

Na próxima semana, serão os municípios da Região Metropolitana e do Sul Fluminense (Maricá, Niterói, Itaguaí, Mangaratiba, Angra dos Reis, Paraty, São Gonçalo, Guapimirim, Magé, Itaboraí, Duque de Caxias e Rio de Janeiro).

 


/