Turismo

Governo do Rio quer estimular turismo no Estado

Cidades do interior fluminense vão aumentar número de visitantes para gerar mais empregos e renda. Desenvolver o turismo doméstico é a solução

5 de fevereiro de 2019
Palácio de Cristal, em Petrópolis, é uma das atrações do interior do Rio

Compartilhe essa notícia em sua rede social:

Setenta e cinco municípios do interior fluminense enviaram representantes para encontro com o secretário de estado de Turismo do Rio de Janeiro, Otavio Leite, na última semana.

Com a presença do governador Wilson Witzel, a reunião discutiu formas para atrair mais turistas para o Estado.

No encontro realizado na sede da Fecomercio, o governador anunciou que a TurisRio será transformada em uma agência de promoção, a serviço dos municípios.

Com isso, a empresa poderá ser utilizada para a divulgação de eventos locais, sem que as prefeituras tenham que fazer licitações ou gastar recursos com a contratação de terceiros.

“Quando um município quiser divulgar algum evento, vai poder contratar a TurisRio, que, como uma agência de promoção do turismo estadual, vai atuar rapidamente sem a necessidade de licitação e transferência de recursos”, disse Witzel.

Otavio Leite destacou a importância da promoção do turismo doméstico como fator para aumentar o fluxo de visitantes no Estado, o que pode garantir a maior ocupação da infraestrutura já existente, gerando mais empregos e arrecadação nos municípios.

 


LEIA MAIS:

Galeão recebeu 9% a mais de voos internacionais

Roberto Faria: “Turismo doméstico deve ser prioridade para o Rio”

As 30 passagens aéreas mais baratas do verão


 

Uma das ideias para concretizar esse objetivo é a organização de uma feira estadual de turismo, em que cada município apresente suas atrações locais, além das áreas de gastronomia e artesanato. O evento deverá ser realizado em parceria com a Fecomercio.

“O Rio de Janeiro é muito mais do que uma cidade maravilhosa. São noventa e duas cidades maravilhosas e vamos explorar o potencial turístico de cada uma delas”, afirmou o secretário no encontro em que também foram ouvidas as reivindicações dos representantes dos municípios.

O estímulo ao desenvolvimento do turismo no Estado do Rio de Janeiro é também a preocupação do diretor-presidente da Rodoviária do Rio, Roberto Faria.

“Valorizar o turismo doméstico deve ser prioridade para o Rio, pois gera mais empregos e arrecadação tributária, estimulando vários setores da economia”, afirma Roberto.

Ele aponta que o crescimento do turismo interno é o grande fator para dinamizar a cadeia produtiva do setor, garantindo um grande fluxo de turistas durante o ano todo e não apenas nos períodos clássicos do verão, Ano Novo, Carnaval e outras datas sazonais.

Roberto e sua equipe preparam um projeto para atrair turistas do interior fluminense interessados em conhecer as atrações do Porto Maravilha, com destaque para os museus, o aquário, a orla Conde, a nova praça Mauá, as pinturas murais, o VLT e o cais do Valongo.

Compartilhe essa notícia em sua rede social: