Foca 2022: Prefeitura dará R$ 32 milhões a projetos culturais | Diário do Porto


Indústria criativa

Foca 2022: Prefeitura dará R$ 32 milhões a projetos culturais

Aumento de investimento é de 60% para que o Foca 2022 ajude o Rio a retomar seu protagonismo como capital cultural. Ajuda vai de R$ 25 mil a R$ 400 mil

23 de maio de 2022

Lançamento do Foca 2022 no Museu do Amanhã (Foto: Beth Santos)

Compartilhe essa notícia:


Estão abertas as inscrições para a segunda edição do evento Foca – Fomento à Cultura Carioca. Neste ano, o programa vai disponibilizar R$ 32 milhões para contemplar mais de 400 projetos. O valor representa um aumento de 60% no programa de fomento, cujo repasse de verbas é feito diretamente para as mãos de artistas e/ou produtores. Entre as novidades do edital está a inclusão de novas linhas e categorias.

A ação faz parte do Plano Estratégico da Prefeitura, que prevê o apoio a 200 festivais até 2024, como parte da retomada do Rio como cidade cultural. O secretário municipal de Cultura, Marcus Faustini, acredita que o aumento dos recursos é essencial para resgatar o protagonismo cultural da cidade do Rio.

Esse aumento dos recursos vai fazer com que possamos atender a mais projetos na cidade toda e com um apoio robusto aos festivais. Trata-se de um momento especial para a nossa secretaria, em que confirmamos que no Rio de Janeiro temos políticas para a cultura”, disse o secretário.

 


LEIA TAMBÉM

Vanessa da Mata e mais de 30 artistas nos 208 anos de Maricá

Casa Fluminense faz Fórum Rio 2022 no MAR

Alerj cria grupo de trabalho para melhorar a vida em Paquetá


 

Além disso, a Secretaria de Cultura fará uma série de lives para auxiliar na inscrição dos participantes. Ao longo do período do edital, será promovida uma campanha de mobilização com oficinas nos territórios periféricos e em favelas. A primeira delas já começa no próximo sábado, dia 28, na Ilha do Governador.

Em 2022 serão contempladas 416 propostas na faixa de R$ 25 mil a R$ 400 mil. Outra novidade da programação deste ano está no aumento do número de linhas abordadas no evento. Em vez de duas, serão quatro linhas:

Linhas presentes no Foca 2022

Linha 1 (Linguagem): teatro, dança, circo, antirracista, literatura, infância, música, LGBT, artes urbanas, cultura popular, artes visuais, arte pública e plano anual de atividades (ONGs e Cias que trabalham de forma contínua). 

Linha 2 (Distribuição territorial): 140 agentes e grupos culturais e artísticos residentes nas APs 3, 4 e 5 e favelas das APs 1 e 2. Pessoas físicas e jurídicas. 

Linha 3: 35 projetos no formato de festivais. A meta é chegar a 200 até 2024, um por semana. R$ 7 milhões. Festival gera intercâmbio, profissionaliza produção porque tem time, interessa ao mercado e à mídia e gera renda e postos de trabalho.

Linha 4: 40 projetos de pesquisa e criação artística e inovação. 

Para se inscrever, acesse aqui!.


/