Destaque do fim de semana é festival de harpa | Diário do Porto

Sem categoria

Destaque do fim de semana é festival de harpa

O mês de maio chega trazendo um dos maiores festivais internacionais de harpa do mundo para o CCBB. É o RioHarpFestival, sempre com entrada gratuita. A programação no Porto Maravilha conta ainda com o lançamento do documentário “Kizomba – 30 anos de um grito negro na Sapucaí”, obra que faz parte da exposição do MAR “O Rio do Samba: resistência e reinvenção”, que durante o mês de maio também tem estrada grátis.

3 de maio de 2018




Compartilhe essa notícia:


O XII RioHarpFestival acontece em diversos pontos da cidade, como CCBB, Corcovado, Ilha Fiscal, Forte de Copacabana e Jockey Club. Foto: Divulgação

O mês de maio chega trazendo um dos maiores festivais internacionais de harpa do mundo para o CCBB. É o RioHarpFestival, sempre com entrada gratuita. A programação no Porto Maravilha conta ainda com o lançamento do documentário “Kizomba – 30 anos de um grito negro na Sapucaí”, obra que faz parte da exposição do MAR “O Rio do Samba: resistência e reinvenção“, que durante o mês de maio também tem entrada grátis. Entre outras atrações, o caldeirão cultural do Rio traz shows de samba, sertanejo e blues, além de teatro e cinema grátis para as crianças.

Sexta-Feira (04/05)

Essa é a décima-terceira edição do festival Foto: Divulgação

CCBB – O Rio é a capital mundial das harpas durante o mês de maio. É o XII RioHarpFestival, que acontece em diversos pontos da cidade, como o Corcovado, a Ilha Fiscal, o Forte de Copacabana e o Jockey Club Brasileiro. Na região do Porto Maravilha, o palco é o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), com três apresentações diárias gratuitas. Essa é a décima-terceira edição do festival, que apresenta ao público músicos nacionais e internacionais consagrados, promovendo uma turnê em torno do som de um dos mais antigos instrumentos musicais. A ideia é privilegiar a música de boa qualidade, sem distinção de procedência, escola ou época. Da música medieval aos clássicos europeus, passando por ritmos contemporâneos brasileiros, o evento reúne artistas de 21 países, em um total de 69 concertos. Entre as atrações internacionais estão nomes como a japonesa Inoue Kumiko e o jovem instrumentista Benjamin Creighton, do País de Gales, que com apenas 13 anos já ganhou vários prêmios e é considerado a grande revelação da harpa no mundo. Para saber mais informações e a programação completa entre no site oficial do evento. Para conhecer a programação e os horários do RioHarpFestival, no CCBB, clique aqui.

Pedra do Sal – Sexta-feira é dia de roda de samba na Pedra do Sal. O lugar histórico já é uma tremenda atração por conta de tudo que representa, já que foi ponto de venda e troca de escravos e abrigo de quilombos e terreiros de candomblé, além de berço do samba (saiba mais aqui). A roda ao vivo, comandada pelo grupo Samba de Sexta, começa às 19h e vai até 1h da manhã. Vale lembrar que a roda é ao ar livre e totalmente gratuita. Para chegar lá, o ponto de partida é o Largo de São Francisco da Prainha, na Rua Sacadura Cabral. Entre na primeira rua à esquerda, a Argemiro Bulcão, e pronto. Do Museu de Arte do Rio (MAR), a caminhada é de apenas 500 metros. Atenção! Em caso de chuvas fortes a roda estará cancelada.

O cantor e compositor faz o lançamento do seu primeiro disco solo. Foto: Reprodução Facebook

Trapiche Gamboa – Outra opção é o casarão do Trapiche Gamboa, que nesta sexta-feira recebe a roda de samba de Rodrigo Carvalho. O cantor e compositor faz o lançamento do seu primeiro disco solo. Com inéditas e regravações, Rodrigo interpreta obras de importantes autores, como Zé Luiz do Império, Nelson Rufino, Toninho Geraes e Toninho Nascimento. Ex-integrante da banda de Beth Carvalho, ainda na década de 1990, e fundador e ex-vocalista do Galocantô, Rodrigo é um digno representante do atual samba carioca. O show terá início às 22h30 e os ingressos custam R$ 20 e R$ 30. Para pagar o menor valor, basta mandar um e-mail para trapichegamboa@ig.com.br e enviar seu nome completo para a lista amiga do evento até às 16h do dia do show. O Trapiche Gamboa fica na rua Sacadura Cabral, 155, bem pertinho (500 metros) da estação do VLT Parada dos Navios. #deusamba

Jazz in – Já os fãs do sertanejo universitário podem aproveitar a noite na Jazz in. É a festa “Champaneja”, que acontece a partir das 18h. Para fazer a galera dançar, a dupla Fabiano e Bonatto canta os maiores sucessos do gênero. Nos intervalos, a Dj Mary Dee assume as carrapetas com os melhores hits do momento. Se a fome apertar, o cardápio vai da comida japonesa aos sanduíches gourmet. Quem quiser garantir seu lugar, a Jazz in tem um esquema de reservas através do telefone 2253-7916, ou pelo e-mail jazzin@jazzin.com.br . A Jazz in fica na Rua Sacadura Cabral, 63, a 500 metros do Museu do Amanhã.

Mississippi Delta Blues – Não é só de samba que se faz uma sexta-feira, certo? O Mississippi Delta Blues Bar traz o grupo The Bear Mariz & The Crazy Lions. A festa da noite é em homenagem ao aniversário do guitarrista Ivan Mariz e, para comemorar, a casa lança a Promo Happy Hour, que, das 17h às 20h, oferece 6 cervejas Budweiser por $30. O Mississippi Blues Bar abre suas portas às 17h, mas o show só começa às 22h. Os ingressos custam R$ 20 e as reservas devem ser feitas pelo telefone 2510-6061. O bar fica na rua Pedro Ernesto, 89 – Gamboa e o VLT passa na porta.

Sábado (05/05)

Museu do Amanhã – Neste sábado, as crianças podem acordar cedo para curtir uma programação bem legal no Museu do Amanhã. A partir das 10h, os pequenos com idades entre 7 e 10 anos poderão assistir, de graça, ao Cineclubinho. Nesta edição, o filme será Divertida Mente. Na história, Riley, garota de 11 anos, enfrenta mudanças importantes quando seus pais decidem deixar a sua cidade natal. Dentro do cérebro dela, convivem várias emoções diferentes, como a Alegria, o Medo, a Raiva, o Nojinho e a Tristeza. A líder é a Alegria, que é responsável por fazer a vida de Riley sempre feliz. Entretanto, uma confusão na sala de controle faz com que tudo mude. Com mediação dos educadores David Alfredo e Thereza Henriques, o Cineclubinho acontece todo primeiro sábado do mês, das 10h às 12h30, no Auditório do Museu do Amanhã. Para garantir seu ingresso faça a sua inscrição pelo site do museu, clicando aqui.

Pintura de Heitor dos Prazeres – Morro da Providência

Museu de Arte do Rio – Dando sequência à programação da nova exposição “O Rio do Samba: resistência e reinvenção“, que durante o mês de maio tem entrada grátis, o Museu de Arte do Rio lança neste sábado, às 15h, o documentário “Kizomba – 30 anos de um grito negro na Sapucaí”, em parceria com a escola de samba Unidos de Vila Isabel. O filme celebra o primeiro título da Vila no Grupo Especial das escolas de samba, e mostra como foi o desfile que marcou para sempre o carnaval carioca. A exposição sobre o samba apresenta 800 obras de artes e documentos que evidenciam os aspectos sociais, culturais, políticos e históricos do samba no Rio de Janeiro, do século 19 até os dias de hoje. Confira mais detalhes na matéria completa do DIÁRIO DO PORTO.

Fábrica Bhering – A cada primeiro sábado do mês, de 13h às 20h, acontece o Circuito Interno Bhering, convite grátis para visitar lojas e ateliês, além de se deliciar com as opções gastronômicas no pátio da fábrica. Quem visitar a Fábrica Bhering neste sábado terá a oportunidade de explorar os 10 mil m² desse histórico prédio dos anos 30, repleto de inspiração. Entre as atrações, estão os corredores com antigas máquinas de chocolate e o famoso terraço com vista panorâmica da Zona Portuária do Rio. Entre as lojas, destacam-se a Fécula Acessórios; Meu BB Galeria de Arte; Espaço InSana Arte e Café; e a Cevaderia, Cervejaria Artesanal. Para conhecer todas as lojas clique aqui. A Fábrica Bhering fica na Rua Orestes, 28 – Santo Cristo.

Trapiche Gamboa – Sábado também tem samba na programação do Porto. O Grupo Coisa Boa estreia sua roda de samba no Trapiche Gamboa e promete animar a noite com batucada forte para fazer a galera se esbaldar. A casa abre as portas às 20h30 e o show tem início às 22h30. O ingresso na hora custará R$ 30, mas o DIÁRIO DO PORTO te coloca na boa e dá o caminho para conseguir aquele desconto. Basta mandar e-mail para trapichegamboa@ig.com.br e enviar seu nome completo para a lista amiga, até as 16h do dia do show. O Trapiche fica na rua Sacadura Cabral, 155, bem pertinho (500 metros) da estação do VLT Parada dos Navios.

The Week – A casa gay mais famosa e badalada do Rio apresenta neste sábado a festa Cosmo, com muita música eletrônica para ferver a pista. Os DJs Filipe Guerra, Leandro Becker, André Garça e Gustavo Júnior são as atrações da área Cosmopolitan. Já na pista Wallpaper, o som fica por conta do DJ Felipe Mar e convidados. A The Week Rio tem cinco bares, pista de dança, camarotes, luzes e go go boys para garantir a diversão. A boate fica na Rua Sacadura Cabral, 135. Para quem vai de metrô, a estação mais próxima da The Week é a Presidente Vargas (850 metros). Outra opção é o VLT, que funciona até a meia noite e conta com uma estação (Parada dos Navios) a 600 metros. Mais informações pelo telefone 2253-1020.

Domingo (06/05)

CCBB – Neste domingo acontece a última apresentação da peça de teatro “Insetos” no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), às 19h. No enredo, uma nuvem de insetos cruza o céu rumo ao desconhecido. A peça, com direção de Rodrigo Portela, fala sobre o ser humano, vítima e algoz de seu próprio habitat natural, que não é mais capaz de ouvir o anúncio de um cataclisma próximo. A apresentação comemora 30 anos de trajetória da Cia. dos Atores, com texto inédito e presença dos fundadores da companhia no elenco. Os ingressos podem ser comprados pelo site do CCBB, a R$ 20 e R$ 10 (inteira e meia). Clientes do Banco do Brasil pagam meia. O CCBB fica na Rua Primeiro de Março, 66.