Festival reúne 160 cervejarias e 1.500 rótulos no Píer Mauá

A sexta edição carioca do Mondial de La Biére, maior festival de cervejas artesanais do mundo, ocupa três armazéns e termina neste domingo (9). O DIÁRIO DO PORTO selecionou algumas novidades e lançamentos apresentados no evento, que estima reunir 50 mil pessoas

Black Princess no Mondial de La Biére
A Black Princess, produzida pelo Grupo Petrópolis na Região Serrana do Rio de Janeiro, estará no evento (Foto: Divulgação)

É para os amantes da bebida preferida dos brasileiros se esbaldarem. Entre os dias 5 e 9 de setembro, o Píer Mauá recebe mais uma vez o Mondial de la Bière Rio, um dos principais eventos para degustação e difusão da cultura cervejeira do mundo, que tem sua edição carioca desde 2013. Com expectativa de atrair 50 mil pessoas nos cinco dias, o principal festival internacional de cervejas artesanais e especiais irá contar com mais de 160 cervejarias e 1.500 rótulos. É cerveja para todos os gostos e bolsos (veja mais aqui).

“O Brasil é o terceiro maior produtor de cerveja do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos e China, então ter um evento desse porte é muito importante para as marcas apresentarem ao público as novidades do setor que tem crescido cada vez mais no país”, explica Stein, diretor da Bier & Wein, maior importadora independente de cervejas do Brasil. A empresa irá trazer ao evento marcas reconhecidas mundialmente e rótulos consagrados como a Erdinger, Warsteiner, La Trappe e HB, além de sua marca própria, Paulistânia.

Outra marca que confirmou presença é a Ashby, conhecida como a primeira microcervejaria do Brasil. “O evento se consolidou no país como um dos mais importantes quando o assunto é cerveja, pois traz visibilidade para as marcas e é um ótimo canal para apresentar as novidades ao público”, explica Scott Ashby, fundador da Ashby. Foi graças à Ashby que o cenário do mercado nacional começou a experimentar um novo conceito de cervejas diferenciadas, o que antes era privilégio para poucos.

Doutor em Física, apaixonado por cervejas, ingressou no curso de Mestre Cervejeiro na Universidade da Califórnia no ano de 1990 e, logo em seguida começou a trabalhar na cervejaria americana Wasatch, onde permaneceu por dois anos. Antes disso, Scott já era homebrewer e produzia cervejas para seus amigos, que rapidamente consumiam toda a produção caseira.

Foi no ano de 1992 que o americano chegou ao Brasil e em 1993, decidiu trazer ao país o conceito de cervejas especiais dos EUA. Como essas bebidas são compostas por 90% de água, a qualidade desta na fabricação é extremamente relevante. Por isso, a Ashby, escolheu estrategicamente o melhor lugar para suas instalações: a cidade de Amparo (SP), circuito das Águas Paulistas. As águas de Amparo, além de conservar a pureza que brota da terra, têm um equilíbrio excelente entre sais e minerais tornando-a perfeita para a fabricação de chopes e cervejas de qualidade ímpar.

Novos chopes exclusivamente para o evento

Exclusivamente para o evento, a Black Princess – produzida pelo Grupo Petrópolis na Região Serrana do Rio de Janeiro – desenvolveu três novos estilos de chope, permitindo aos visitantes cervejeiros viverem outras histórias. Mas estas novidades são uma surpresa e só serão reveladas aos cervejeiros na quarta-feira (5), no estande da marca.

Os novos chopes irão compor a taplist oferecida pela Black Princess durante os cinco dias de evento. A lista de chopes também conta com os seis estilos tradicionais da marca: Black Princess Gold (Premium American Lager), Black Princess Dark (Dark American Lager), Let´s Hop (English IPA), Miss Blonde (Blonde Ale), Back To The Red (Red Lager).

A Doctor Weiss (Kristall Weizen) foi premiada como a melhor do Brasil na categoria Kristal, no World Beer Awards 2018, e também medalha de bronze no Festival Brasileiro da Cerveja 2018, em Blumenau/SC.

O estande da Black Princess terá venda de souvenirs como baralho, boné, camiseta, abridor e tirante de copo. Para interagir com o público, a Miss Blonde e o Let’s Hop, personagens lúdicos que caracterizam os rótulos, estarão no espaço durante os cinco dias de feira.

Uma cerveja com DNA de três cervejeiros

Outra marca que confirmou presença no evento é a cervejaria Dogma de São Paulo. Fundada por três empresários que até então tinham suas próprias cervejarias ciganas, Bruno Moreno, Luciano Silva e Leonardo Satt (foto acima) decidiram se juntar em 2015 e criar uma única cerveja que tivesse o DNA de cada um.

“O Mondial se consolidou como um grande evento para as cervejarias apresentarem as novidades e o público conhecer mais de perto as marcas que tanto apreciam, então a participação em uma feira desse porte é muito importante para nós”, explica Luciano Silva, um dos idealizadores da marca. A Dogma foi eleita duas vezes a “Melhor Cervejaria do Brasil” pelo portal RateBeer, um dos mais importantes no segmento cervejeiro.

Cervejas de São Paulo e Minas Gerais

Criada pelo empresário Marcelo Stein em 2009, a Paulistânia é uma homenagem à cidade de São Paulo e cada rótulo conta a história de um ponto marcante da cidade. Recentemente, a cervejaria se afiliou à Abracerva – Associação Brasileira da Cerveja Artesanal – entidade sem fins lucrativos que defende as questões relacionadas às cervejarias artesanais nos âmbitos social e político.

Esse ano, a Paulistânia irá apresentar suas cervejas premiadas mundialmente no World Beer Awards, conhecido como um dos maiores concurso cervejeiro do mundo. A marca foi a vencedora brasileira na categoria Classic Pilsener com sua Paulistânia Marco Zero. Outro rótulo da marca conquistou a medalha de bronze na categoria Wood Aged, a Paulistânia Ipiranga.

A Krug Bier, primeira cervejaria artesanal de Minas Gerais e, recentemente, vencedora do 2° Prêmio Melhores de BH (mediante votação popular), levará à sexta edição do Mondial de La Bière Rio o seu consagrado chopp. O festival, que é um dos principais eventos para degustação e difusão da cultura cervejeira, é procurado por apaixonados pela bebida e, também, pelos consumidores que desejam conhecer o mundo das cervejas artesanais.

Segundo Alexandre Bruzzi, gerente regional de vendas da Krug Bier e sócio da empresa, participar do Mondial de la Bière Rio faz parte da estratégia da marca para expandir a sua presença no mercado nacional. “O Mondial de la Bière tem sido, nos últimos seis anos, a maior vitrine de lançamento da produção de cerveja artesanal. Estamos falando de um segmento que cresce entre 30% e 40% ao ano, e é este mercado o nosso foco”, afirma.

Para o executivo, esta será uma boa oportunidade para quem é de fora de Minas Gerais conhecer o poder de harmonização do chopp da Krug Bier. “O evento é reconhecido por levar aos participantes uma seleção imperdível de cervejas, devidamente combinada a boas opções gastronômicas. Vamos levar 10 opções de chopp para, literalmente, atender a todos os gostos”, completa.

Novidades e lançamentos

Para estrear com força total no evento, a Dogma apresentará a Theobroma Brasilis, uma Russian Imperial Stout com cacau da fazenda Yrerê de Ilhéus. Pelo menos 20 marcas de cacau de origem de Ilhéus e de municípios próximos estão sendo comercializadas no Salon du Chocolat, em Paris, sendo que uma dessas marcas é a da Fazenda Yrerê.

A Ashby, que possui uma linha completa de bebidas em latas e garrafas, além dos chopes, vai apresentar duas novidades. A primeira é a linha Sabores Intensos, três cervejas especiais de edição limitada: Cacau Ale, Café & Cacau Pilsen e a Coffee Porter.

Outra novidade que será lançada durante o evento é a Pilsen Puro Malte em lata. A lata de 355ml possui teor alcoólico de 4,6%, e para agradar o paladar brasileiro, algumas técnicas e segredos de antigas formulações da Alemanha e República Checa foram incorporadas pelos mestres cervejeiros da cervejaria, resultando em uma cerveja especial e de excelente custo benefício.

A Paulistânia também irá levar para o evento o seu mais recente lançamento: a Viaduto do Chá. De estilo Hop Lager, foi elaborada para acompanhar carnes e churrascos, e possui erva mate e tem teor alcóolico de 5%, em garrafas de 500 ml e chope. O dry hopping ressalta a presença dos lúpulos, e a adição de erva mate dá um toque especial, remetendo às tradições gaúchas.  Além da Viaduto do Chá, a Paulistânia irá divulgar seu delivery de chope. O estande da marca fica no Armazém 3, estande C14 e C 16.

Mais informações: www.mondialdelabiererio.com

Da Redação, com Assessorias

 

Todas as Notícias