Festival Anima Mundi vai agitar o Centro do Rio até 29 de julho | Diário do Porto

Cultura e Lazer

Festival Anima Mundi vai agitar o Centro do Rio até 29 de julho

O maior festival de animação da América Latina que chega à sua 26ª edição. Com curtas e longas de renomados produtores do Brasil e do exterior, o Anima Mundi vai agitar seis espaços culturais da região central do Rio entre os dias 21 e 29 de julho

17 de julho de 2018




Compartilhe essa notícia:


O maior festival de animação da América Latina chega à sua 26ª edição. Com curtas e longas de renomados produtores do Brasil e do exterior, o Anima Mundi vai agitar quatro espaços culturais da região central do Rio de Janeiro entre os dias 21 e 29 de julho. O festival segue para São Paulo com atividades de 1º a 5 de agosto.

Veja a programação completa.

Filmes de alunos e professores da rede municipal estão entre as atrações

Os cabelos de Jamily, um dos filmes do festival produzidos por alunos e professores da rede municipal do Rio
‘Os cabelos de Jamily’, dirigido por Pâmela Souza Silva (Divulgação)

As animações criadas por alunos e professores da rede municipal do Rio estão entre os 42 vídeos selecionados na categoria Futuro Animador, que conta com trabalhos de países como Argentina, Portugal, Bélgica, Canadá, Síria, Turquia e Colômbia.

Na Escola Municipal Levy Miranda, na Pavuna, os sentimentos e incertezas de uma aluna foram parar na animação ‘Os cabelos de Jamily’. O filme é resultado do projeto Solta esse Black, que trabalha a autoestima de estudantes com características afro-brasileiras. Aos 13 anos, Jamily Irineu, que inspirou o filme, cortou as madeixas, enfrentou o medo de sofrer bullying, deixou o cabelo crescer totalmente sem química e aprendeu os cuidados necessários para usá-lo ao natural.

“A animação reproduziu todos esses momentos. Muitas alunas têm cabelo estilo black power, mas sequer conheciam a textura dos fios quimicamente alisados desde a infância. Em dois minutos passamos uma mensagem de uma menina negra massacrada por padrões estéticos”, explica a professora Pâmela da Silva, coordenadora do projeto.

Pela parceria da Secretaria Municipal de Educação com o Anima Escola, criado pelo Anima Mundi, professores da rede de ensino do Rio participam de cursos e oficinas para a produção de filmes de animação em sala de aula. Como prêmio, os que tiveram seus trabalhos selecionados poderão fazer os cursos oferecidos pelo projeto ao longo do ano para a produção de novas animações.

Confira a lista dos cinemas que participam do festival:

Ingressos:

R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) – CCBB
R$ 16 e R$ 8 – Cine Odeon, Centro Cultural da Justiça Federal, Centro Cultural dos Correios

Sobre o Anima Mundi

O Anima Mundi foi criado em 1993. Tudo começou com o Festival que no primeiro ano recebeu 7 mil pessoas no CCCBB Rio e exibiu 144 filmes. Os números de público cresceram ano a ano até que, em 1997, foi realizada a primeira edição em São Paulo.

Hoje o festival se tornou uma plataforma de animação que oferece experiências para animadores, educadores, produtoras e animaníacos. Entre suas iniciativas estão o Anima Mundi Itinerante, o Anima Escola, os cursos de animação e distribuição de conteúdo para diferentes meios.

Veja o vídeo em homenagem aos 26 anos do Anima Mundi