Fábrica de Startups abre as portas no Porto | Diário do Porto

Inovação

Fábrica de Startups abre as portas no Porto

Sede brasileira da aceleradora de Portugal receberá 130 novos negócios e 500 empreendedores por ano, gerando R$ 50 milhões em negócios

5 de novembro de 2018


Metodologia de aceleração permite crescimento de empresas inovadoras (Foto: Divulgação)


Compartilhe essa notícia:


Equipe da Fábrica de Startups reunida (Foto: Divulgação)

O Porto Maravilha vai se transformando em um importante polo de empreendedorismo e inovação. Nesta quinta-feira (8), a sede brasileira da Fábrica de Startups, uma das maiores aceleradoras da Europa, desembarcou de vez na região. O empreendimento, inaugurado em grande estilo, ocupa um andar de 3.700 m² do Aqwa Corporate (Via Binário do Porto 299+, Santo Cristo).

No espaço, a expectativa é de que 130 startups sejam aceleradas por ano. O faturamento conjunto é estimado em R$ 50 milhões. O local espera receber cerca de 550 empreendedores. Na sede, foram investidos R$ 5 milhões em um ambiente arquitetônico que compõe o grafite e elementos analógico e digital.

A inauguração acontece às 19h, em evento com o tema ‘Fábrica de Startups: construção de inovação no Porto, pelo Rio, para o Brasil’. Durante a festa de lançamento, a Fábrica de Startups apresentará parte das oito corporações âncoras dos mais variados setores. Além disso, seis startups relacionadas à robótica e realidade aumentada estarão no evento proporcionando aos convidados experiências tecnológicas.

“O Rio é uma cidade que ainda conjuga uma indústria criativa e um tamanho de mercado espetaculares. Todos os ingredientes estão aqui, faltava o apoio para desenvolver tudo isso em negócio e nós estamos nos propondo a isso”, explicao CEO da Fábrica de Startups do Brasil, Hector Gusmão, sobre o motivo da escolha do local para sede da aceleradora.

LEIA MAIS

Fábrica de Startups quer capacitar 11 mil jovens de favelas do Porto

Fábrica de Startups gera negócios de R$ 50 milhões ao ano

Fábrica de Startups abre vagas para competição

Mais de 2 mil empreendedores e 500 startups atendidas

A Fábrica de Startups nasceu em Lisboa em 2012. Estimulou o empreendedorismo e a recuperação econômica em Portugal, tendo um dos casos de sucesso o Cabify, na Espanha. A aceleradora já desenvolveu 500 startups, com 2 mil empreendedores.

Além de aceleração, a Fábrica de Startups trabalha com programas de inovação, ideação, pós-aceleração, workshops e eventos com temas ligados ao ecossistema empreendedor. A aceleradora também tem uma sede em Macau, ex-colônia portuguesa e hoje controlada administrativamente pela China.

No Brasil desde 2017, a Fábrica acelerou mais de 40 startups, realizou programas de ideação e prototipação junto de empresas como Ambev e Petrobras. Acompanha as negociações delas com grandes empresas como L’Oréal, BRMalls, Sistac, Embratel.

Do Vale do Silício para Portugal

Também empreendedor, Hector Gusmão teve uma startup acelerada pela Fábrica depois de perceber o movimento de inovação em Portugal durante a última crise econômica. Junto com seu sócio, Bruno Castello, montou uma startup acelerada no Vale do Silício.

“Os números e movimentos vistos em terras lusitanas, após a mais grave crise econômica de sua história, nos impressionaram e fomos para Portugal para sermos acelerados na Fábrica de Startups. No fim do programa, voltamos para o Brasil decididos a apoiar o ambiente de startups para se desenvolver e ser o caminho para a criação de novas dinâmicas econômicas”, relembra.