História dos Alcoólicos Anônimos chega à Carioca

Por meio de fotos e textos, a mostra aborda a trajetória do AA desde os primórdios, nos Estados Unidos, até a chegada ao Rio de Janeiro. Pode ser visitada todos os dias, até 18 de agosto.

Exposição 70 anos do AA no Brasil
Exposição sobre os 70 anos do AA no Brasil fica até dia 18 no Metrô da Carioca (Foto: Divulgação)

Tudo começou em 1947, quando o publicitário americano Herbert L. chegou ao Rio de Janeiro para trabalhar numa multinacional. Antes de viajar para o Brasil, ele esteve na Fundação do Alcoólico, em Nova York, para se informar se poderia encontrar algum membro dos Alcoólicos Anônimos pelo Rio de Janeiro. Herbert se colocou à disposição para servir de contato no país. Recebeu o endereço de outro alcoólico e alguns livretos e folhetos em espanhol.

Numa carta recebida em outubro, a Fundação “… manifesta sua felicidade pelo início de um Grupo de A.A. no Brasil” (RJ).  Inicialmente, o grupo era formado por norte-americanos a serviço no Rio e o idioma das reuniões – realizadas nas casas ou apartamentos desses alcoólicos – era o inglês. Esses 70 anos do AA no Brasil são contados na exposição itinerante que chega nesta terça-feira (7) à Estação Carioca do MetrôRio.

A exposição aborda toda a trajetória da irmandade desde seus primórdios nos Estados Unidos até sua chegada no Rio de Janeiro. A mostra itinerante “Alcoólicos Anônimos 70 anos no Brasil” já passou por quatro estações da Supervia, pela Rodoviária Novo Rio, pelo Aeroporto Santos Dumont e por fim chega ao metrô, já tendo passado pelas estações São Conrado e Siqueira Campos. A Irmandade espera que até dia 18 de agosto centenas de passageiros do Metro possam apreciar a exposição.

Irmandade conta com 4.900 grupos em todo o Brasil

Os Alcoólicos Anônimos é uma irmandade mundial que forma grupos de homens e de mulheres dependentes do álcool desde 1947 em todo o país. Os membros do AA se propõem a compartilhar livremente suas experiências com o propósito de permanecerem sóbrios e ajudarem outros alcoólatras a alcançarem a sobriedade. Para fazer parte da Irmandade de AA o único requisito sugerido é ter o desejo de parar de beber.

Hoje os AA têm 4.900 grupos em todo o país, buscando atender sempre o alcoólico que tem o desejo de parar de beber, por meio de reuniões, encontros e eventos. Além dos grupos, a irmandade conta com o “Amigo Anônimo”, um bot do Messenger do Facebook que abre mais um canal de ajuda. Essa tecnologia funciona como um sistema automatizado para interagir com as pessoas e que pode ser acessada por celular ou pelo computador. O Amigo Anônimo está disponível para todos os membros da comunidade do Facebook na página  https://www.facebook.com/amigo.anonimo.70.

Segundo o médico e amigo de AA, Dr. Oscar Cox, o alcoólatra precisa encarar o alcoolismo como uma doença e ter a consciência de que é impossível controlar o problema sozinho. Daí a necessidade de conhecer e  frequentar os grupos de mútua ajuda.  Infelizmente, o álcool está relacionado a 61% dos acidentes de trânsito e a 52% dos casos de violência doméstica em todo o país. Além disso, o álcool pode ser associado a outras doenças como o câncer, o coração, e desordens psiquiátricas, declara Dr.Cox.

Serviço:

Exposição 70 anos de Alcoólicos Anônimos

Período: Até 18 de agosto de 2018

Local: Estação  Carioca

Horário: de segunda a sexta, entre 5h e meia-noite. Domingos e feriados, entre 7h e 23h

Locais: Estação Carioca do MetrôRio, de 7/8 a 18/8

 

Todas as Notícias