Teatro

Exercício sobre o futuro: ‘Procópio’ volta ao palco

Já pensou no futuro sem a cultura? A peça ‘Procópio’ volta ao palco para provocar exercício sobre o tempo, simulando um mundo sem manifestações artísticas

30 de outubro de 2018
Espetáculo volta ao cartaz depois de sucesso (Foto: Ricardo Borges)

Compartilhe essa notícia em sua rede social:
Espetáculo volta ao cartaz depois de sucesso na primeira temporada (Foto: Ricardo Borges)

Depois do sucesso da primeira estreia, o espetáculo ‘Procópio’ volta ao cartaz. Desta vez, o Teatro Municipal Serrador, no Centro do Rio, oferece o palco para um exercício sobre o futuro e uma provocação sobre o tempo e nossa história. A peça fica em temporada de 2 a 24 de novembro, de quinta a sábado, às 19h30.

Em cena, possíveis consequências na vida de dois homens que buscam sobreviver em meio à aridez cultural. Dois estranhos se encontram no interior de um prédio abandonado, após um decreto da praça em que vivem proibir manifestações artísticas. A tensão da convivência forçada e suas opiniões divergentes sobre a ordem estabelecida provocam situações delicadas. Elas revelam com humor, poesia e humanidade as mudanças nas vidas dos dois.

Com texto de Carla Faour e direção de Dani Barros, o espetáculo é o segundo projeto dos atores Kadu Garcia e Paulo Giannini. Os dois já haviam sido premiados pelo trabalho anterior, a peça ‘Galápagos’. Carla Faour constrói alegorias para contar a história.

“Quando começamos a nos reunir, tínhamos o desejo de falar sobre o momento que estamos vivendo, sobre o cenário político e cultural. Mas não queríamos apenas reproduzir os noticiários. Achamos que seria mais eficaz nos descolarmos da realidade, para que pudéssemos enxergá-la melhor. Desse desejo nasceu Procópio, nossa ficção futurista, que se passa numa praça imaginária. Procópio é uma provocação pra que a gente ria e reflita sobre um hipotético futuro do nosso presente”, conta ela.

A direção de ‘Procópio’ é de Dani Barros, atriz que estreou dirigindo ‘Dançando no escuro’, espetáculo baseado no filme do dinamarquês Lars Von Trier e muito bem recebido pela crítica. “Um convite ao exercício de pensar um futuro sem arte. Como diria Sotigui Kouyaté, um grande mestre das artes cênicas: ‘o teatro é o lugar onde vamos para esclarecer a visão’. Que Dionísio nos ilumine e ajude a nos livrar da escuridão”, exalta Dani.

SERVIÇO:

‘Procópio’

Dias: 2 a 24 de novembro, de quinta a sábado, às 19h30

Local: Teatro Municipal Serrador

Endereço: Rua Senador Dantas 13 – Cinelândia

Ingressos: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)

Informações: (21) 2220-5033

Bilheteria: de terça a sábado, a partir das 15h

Classificação indicativa: 14 anos

Duração: 60 min

Lotação: 276 lugares

Compartilhe essa notícia em sua rede social: