Estudantes da rede municipal do Rio fazem concertos na Espanha | Diário do Porto


Educação

Estudantes da rede municipal do Rio fazem concertos na Espanha

Essa é a primeira viagem internacional da Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca (OSJC). Espanhóis dizem que o projeto do Rio é exemplo de inclusão pela música

26 de maio de 2019

Epopeia Nordestina, apresentação em 2019 da Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca. Foto: divulgação / Riotur

Compartilhe essa notícia:


Um grupo de 61 alunos e 6 professores da rede municipal de ensino do Rio viajou para a Espanha, a convite do Instituto para el Desarrollo Musical (IDM), dirigido pelo maestro espanhol David Eres Brun. A delegação integra a Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca (OSJC), iniciativa da Secretaria Municipal de Educação, que começou em 2017 com o Programa Orquestra nas Escolas.

Esta é a primeira viagem internacional da OSJC, com duração até o próximo dia 2 de junho. A programação na Espanha também servirá como um intercâmbio cultural, pois estudantes e músicos espanhóis irão tocar com os jovens brasileiros.

Inicialmente, o Programa Orquestra nas Escolas foi implantado em 8 unidades da rede municipal, com a participação de 824 alunos, e agora está em 52, com 10.500 alunos. O objetivo da Prefeitura é chegar a 20 mil participantes, até o fim do ano.

David Eres Brun é considerado um dos violonistas de maior prestígio em seu país, com reconhecida carreira internacional. No site do IDM, há notícia informando sobre a grande expectativa pela apresentações dos jovens do Rio, vistos como integrantes de um programa educacional que investe na formação de excelência por meio da música.


LEIA MAIS:

Movimento quer Almirante Negro reconhecido como herói nacional

Rio fará encontro internacional sobre política de alimentação

Mais uma Frente Parlamentar quer cassinos em resorts integrados


Na Espanha, as apresentações serão nas cidades de Valência e Madrid, com concertos que irão homenagear a cultura brasileira e seus costumes, dos ritmos clássicos aos populares.

Luiz Gonzaga, Villa-Lobos, Camargo Guarnieri, Alberto Nepomuceno e Lorenzo Fernandez são alguns compositores homenageados pelo repertório do concerto “Música Brasileira – Rumo à Espanha”.

O violonista Wilantony Sousa Lira, de 13 anos, que estuda no 8º ano da Escola Municipal Alcídes Gaspari, em Higienópolis, bairro da zona norte, não imaginava que um dia iria conhecer a Espanha.

“Eu nunca andei de avião antes e vai ser um sonho já começando por isso. Saber também que a música me levou tão longe me emociona muito. Ninguém sabe aonde se pode chegar, se não tentar.”

A vendedora Rosângela Bastos se emocionou ao levar o filho, o violinista Pedro Bastos de Almeida, de 13 anos, até o Aeroporto Internacional do Rio. Mãe do aluno do 8º ano da Escola Municipal Bolívar, em Engenho de Dentro, zona norte, diz que a participação na orquestra causou uma evolução em seu filho.

“É notável que o meu filho está melhorando dia a dia com a Orquestra. Está se tornando um rapaz maravilhoso. Essa é uma oportunidade única para eles e para nós, pais e mães.”