Estado retoma obras da nova sede do MIS | Diário do Porto


Museus

Estado retoma obras da nova sede do MIS

Depois de anos paralisadas, obras do novo equipamento cultural de Copacabana são retomadas. Entrega do MIS está prevista para dezembro de 2022

9 de dezembro de 2021

Operários retornam as obras no novo Museu da Imagem e do Som (Foto: Philippe Lima)

Compartilhe essa notícia:


O Governo do Estado deu início ontem às obras de acabamento da nova sede do Museu da Imagem e do Som (MIS), na Praia de Copacabana, zona sul carioca. O governador Cláudio Castro e o secretário de Infraestrutura e Obras, Max Lemos, entregaram aos responsáveis da empresa MPE Engenharia, vencedora da licitação, o documento que autoriza o início das intervenções. A previsão é que as obras terminem até dezembro de 2022.

Para o governador Cláudio Castro, a retomada da obra, seis anos após sua paralisação, é o resgate de uma dívida com a cultura, o turismo e a cidade. A expectativa é que a nova sede do MIS seja um grande indutor de desenvolvimento da região, estimulando o comércio local e gerando novos serviços para a população carioca e os turistas.

“Essa é uma obra icônica, que reverencia a cultura não apenas do Rio de Janeiro, mas do Brasil, com exposições que retratam a nossa História, como o Carnaval, e personagens da arte nacional, como Carmem Miranda. Além disso, o MIS se destaca na arquitetura do bairro de Copacabana por sua beleza e originalidade”, afirmou o governador.

A MPE Engenharia vai realizar intervenções como a instalação de ar-condicionado central e de revestimentos e pisos no auditório e no teatro, além da impermeabilização das áreas abertas.

Refletindo as ondas modernistas criadas pelo paisagista Roberto Burle Max, o novo prédio irá se integrar com a orla, mostrando a criatividade dos arquitetos nova-iorquinos responsáveis pelo projeto: Elizabeth Diller, Ricardo Scofídio e Charles Renfro, vencedores do concurso internacional.


LEIA TAMBÉM:

Raphael Vidal é premiado no Band Inspira Rio

Novo vazamento na área da Reduc contamina Baía de Guanabara

Sebrae Rio premia projetos de ensino


MIS: Um boulevard cultural vertical

A nova sede do Museu da Imagem e do Som terá oito andares, sendo dois subterrâneos. A ideia é tornar o espaço um grande boulevard cultural vertical. O primeiro piso abrigará uma livraria e um café, de frente para o mar, além de oferecer um mezanino para exposições temporárias.

Os quatro andares seguintes serão para as exposições que contarão a história da cultura brasileira, com o conceito de interatividade presente nos principais museus do mundo. Já o quinto andar terá um restaurante panorâmico, com acesso à cobertura, com um cinema a céu aberto. No subsolo, o MIS terá uma boate e um auditório, com capacidade para 280 pessoas. No segundo subsolo, ficarão os camarins.

 


/