Empresas fecham parcerias estratégicas na Região Portuária | Diário do Porto

Inovação

Empresas fecham parcerias estratégicas na Região Portuária

Relatório de inteligência do Sebrae mostra exemplo de empresa de monitoramento por drones que fechou contrato com a Companhia Docas e faz recomendações

4 de novembro de 2018


Imagem feita por drone pela Vanttech, que fechou contrato com Docas (Foto: Divulgação / Vanttech)


Compartilhe essa notícia:


Imagem feita por drone pela Vanttech, que fechou contrato com Docas (Foto: Divulgação / Vanttech)

Mais do que nova mania, o monitoramento por drones virou um bom negócio. De olho neste mercado, a empresa Vanttech foi fundada em 2015 para atuar na prestação de serviços com drones para captação de imagens aéreas para diferentes usos. Mas foi em outubro de 2017 que o negócio começou a deslanchar.

Ao participar da sétima Rodada de Negócios do Porto Maravilha, organizada pelo Sebrae/RJ, o empresário Júlio Souza apresentou a Vanttech para a Companhia Docas do Rio de Janeiro. Após alguns meses, fechou o primeiro negócio com a empresa.

“A Companhia Docas precisava produzir um novo vídeo institucional que incluísse imagens áreas e tinha um orçamento reduzido para contratar filmagem em helicóptero, como fizeram no passado. Assim, apresentamos uma opção mais econômica e rápida para fazer a filmagem e produzimos o vídeo completo em tempo hábil de participarem de uma importante feira do setor”, descreveu o empresário.

O exemplo da Vanttech é usado para ilustrar o documento “Parcerias Estratégicas na Região Portuária”, que defende união entre empresas e agentes para fomento de oportunidades de conexão e negócios entre diferentes marcas com interesses em comum.

Benefícios como ações coletivas e compra coletiva, além de eventos empresariais, como feiras e rodadas de negócios são citados como iniciativas eficientes e de baixo investimento. Elas também podem compartilhar estratégias de co-branding, quando duas ou mais marcas formam parceria para criar ações conjuntas de promoção e venda de produtos e serviços.

Sistema permite acesso a órgãos públicos

Júlio Souza detalha que o fato de ter registro no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores (Sicaf) ajuda. Nesse sistema, fornecedores se cadastram gratuitamente para prestar serviços ou vender bens e materiais para os órgãos da Administração Pública Federal Direta, Autarquias e Fundações, o mesmo exigido nos processos de compras de Docas.

O empresário conta que, logo após o evento em que iniciou contatos com a empresa, recebeu de Docas o edital para que a Vanttech pudesse participar do processo de cotação. “Se não tivéssemos ido à Rodada, não teríamos ciência desse edital. É muito difícil para os pequenos negócios ter acesso a grandes empresas”, ressalta o empresário.

“Quando há afinidade entre as marcas e os seus públicos-alvo, é possível gerar economia em ações promocionais, além de aumentar o alcance das mensagens e o potencial de vendas. O ideal é que as marcas sejam complementares de alguma forma e não tenham conflitos de valores”, aponta o relatório do Sebrae/RJ.

Presença online e participação em eventos

A participação de eventos também surge como elemento de conexão. O relatório didático elenca iniciativas que podem ajudar na formação de parcerias estratégicas. “Cultivar o hábito de fazer networking; enviar material, informação solicitada ou indicação de fornecedor desenvolvendo relações de ganha-ganha e de longo prazo; montar um portfólio com exemplos de trabalho e divulgar marca e experiência de forma profissional também ajudam”.

Outra frente importante é garantir experiências de contato com o produto, o que pode acontecer nos eventos. A fim de estimular a participação em concorrências e licitações, o documento também sugere que os empresários mantenham certidões atualizadas.

A importância da “presença online” é outra recomendação do documento. Uma forma de dar visibilidade às empresas é associar nome e imagem do negócio a temas, entidades e eventos relevantes por meio de ações promocionais e publicações online.

“Quando o público interessado nos eventos e nos temas em questão faz buscas na internet, sua empresa aparece relacionada ao tema. Anúncios e publicações impulsionadas ganham ainda mais alcance e relevância na exibição dos resultados de buscas”, recomenda o manual.

Tipos de ações que podem ser desenvolvidas

– Produção conjunta de brindes, eventos e material de comunicação
– Parceria com empresa de delivery
– Parceria com empresa de bebidas para criar combos de refeição em seu restaurante
– Tíquete de atração/evento vale desconto em estabelecimento parceiro
– Condição especial para funcionários
– Compra de produtos específicos geram descontos para outras mercadorias
– Produtos com redução de preço com subsídio negociado
– Descontos exclusivos
O Sebrae na Região Portuária: mais informações 0800 570 0800 ou sebraenoporto@sebraerj.com.br.

Com informações do Sebrae/RJ