Edifício A Noite já tem interessado no leilão do dia 14 | Diário do Porto


Imóveis

Edifício A Noite já tem interessado no leilão do dia 14

A Noite, prédio de 1929, vai a venda por R$ 38,5 milhões. Uma grande construtora pagou os custos da avaliação e terá preferência no leilão

10 de julho de 2022

Edifício A Noite, na Praça Mauá, vai a leilão no próximo dia 14 (foto: SPU / Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


No próximo dia 14, o Governo Federal faz nova tentativa de venda do edifício A Noite, na Praça Mauá, coração do Porto Maravilha. O prédio, de 1929, que já foi o mais alto do Brasil, vai a leilão eletrônico com preço mínimo de R$ 38,5 milhões. Uma construtora foi quem bancou os custos da avalição do imóvel, o que lhe dá preferência, podendo igualar lances de algum interessado na compra. O fato de ter pago a avaliação não obriga essa empresa a fazer lances no leilão, mas demonstra seu interesse no negócio.

Essa empresa, cujo nome não foi divulgado pela SPU (Secretaria de Patrimônio da União) pagou o equivalente a R$ 3,2 mil a peritos que fizeram a nova avaliação do A Noite. Na última tentativa de venda do prédio, em maio do ano passado, o valor mínimo havia sido estipulado em R$ 73,5 milhões.

Quem quiser participar do leilão, terá que fazer um depósito de garantia no valor de 5% da avalição mínima, ou cerca de R$ 1,9 milhão, o que será devolvido para os proponentes que não vencerem o pregão.

No mercado imobiliário do Rio, especula-se que está construtora interessada no A Noite é uma grande empresa que já tem experiências em reformas de edifícios da cidade. O foco dessa empresa é em empreendimentos residenciais, o que daria ao edifício da Praça Mauá um novo destino, estimulando a ocupação residencial da Região Portuária.

O A Noite foi desde o seu início um prédio de escritórios de empresas. Durante muitos anos serviu como sede da Rádio Nacional, o principal veículo de comunicação do Brasil até os anos 60 do século passado. A rádio e outros órgãos do Governo Federal foram os últimos ocupantes do prédio, que está sem uso há quase 10 anos. A situação de abandono do edifício contribui para a degradação de seu entorno, causando preocupação a comerciantes e moradores próximos.

O edifício tem 102 metros de altura e 6 elevadores, com 28 mil metros quadrados. Foi projetado pelo arquiteto Joseph Gire, o mesmo do Copacabana Palace. O nome oficial do prédio é o do arquiteto. O edifício passou a ser conhecido por A Noite por sediar o histórico jornal com este nome, ainda nos anos 20 do século passado.

Os interessados em mais detalhes sobre o leilão e em fazer lances podem acessar https://imoveis.economia.gov.br/imovel/197/447


LEIA TAMBÉM:

Palácio Capanema será sede da Ancine e Funarte

Fado Bicha se apresenta no Dolores Club, na Lapa

Alerj expõe Di Cavalcanti em nova sede


/