"É necessário defender o RJ", afirma Ceciliano em evento na ACRJ | Diário do Porto


Política

“É necessário defender o RJ”, afirma Ceciliano em evento na ACRJ

Pré-candidato ao Senado, André Ceciliano (PT), foi o palestrante durante o tradiconal Almoço do Empresário na Associação Comercial do Rio de Janeiro

5 de julho de 2022

André Ceciliano, diz que a maior riqueza do RJ é o petróleo, mas o Estado aproveita pouco esta posição. (foto: Alerj / Rafael Wallace)

Compartilhe essa notícia:


O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e pré-candidato ao Senado, André Ceciliano (PT), realizou nesta terça-feira (5) a palestra “O Rio pela visão do Legislativo” durante o Almoço do Empresário da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ). O evento faz parte de uma série de palestras promovidas pela ACRJ, em parceria com o 15º Ofício de Notas e a Fecomércio -RJ

Ceciliano abordou o processo de desvalorização da economia do Rio de Janeiro nas últimas décadas e as leis aprovadas na Alerj que buscam atrair mais empresas, dentre elas as que concedem incentivos fiscais para diferentes setores, como o de bares e restaurantes. Ele destacou que a maior riqueza do RJ é o petróleo e gás, sendo o Estado detentor de 85% das reservas de petróleo do Brasil e de cerca de 62% das de gás. Mas, segundo Ceciliano, o Rio aproveita pouco esta posição. 

“Vivemos um momento de transição energética, mas a maior riqueza do Estado é o petróleo e gás, e essa indústria não está aqui. Na verdade, não está nem no Brasil. Menos de 20% dessas indústrias estão no RJ, mais de 60% fora do Brasil. Os estaleiros são um exemplo disso: a Petrobras aluga mais de 350 embarcações e mais de 95% fazem manutenção fora do Brasil. Se a Petrobras exigisse que 30% fizessem a manutenção aqui, o Estado teria reaberto todos os estaleiros fechados”, disse.


LEIA TAMBÉM:

Águas do Rio começa ações para recuperar o Rio Carioca

Sesc RJ na Estrada mostra a beleza de Valença, no sul do Rio

Alerj expõe Di Cavalcanti em nova sede


Ceciliano propõe união pelo Rio

Desde 2017 atuando como presidente da Alerj, Ceciliano também ressaltou a importância da união de forças e a harmonia entre os Poderes para o desenvolvimento econômico do Rio de Janeiro. 

André Cecliano - ACRJ
André Ceciliano ao lado de José Antonio do Nascimento Brito, presidente da ACRJ

Ao ser questionado sobre seus projetos para o Senado, caso eleito, ele respondeu: “Nós temos que defender e discutir o Rio de Janeiro. O Rio tem saída porque senão vai ter só a miséria, a pobreza, a violência e a milícia. A gente precisa falar de desenvolvimento, de perspectiva e de futuro”.

O evento faz parte de uma série de palestras promovidas pela Associação Comercial. Neste ano, já foram recebidos o Presidente da República Jair Bolsonaro, o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, o ex-juiz Sérgio Moro, o senador Carlos Portinho, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, o governador Cláudio Castro e a empresária Luiza Helena Trajano, do Magazine Luiza. 


/