Docas faz mutirão de faxina no Porto do Rio | Diário do Porto

Navegação

Docas faz mutirão de faxina no Porto do Rio

Objetivo da ação é recolher entulho, terra e madeirame, resíduos que foram se acumulando nos mais de 6 quilômetros de cais do Porto do Rio de Janeiro

8 de janeiro de 2020
Guindastes no Porto do Rio de Janeiro (Tania Rêgo/Agência Brasil)


Compartilhe essa notícia:


Você acha que o Porto do Rio anda meio sujinho, precisando de uma boa faxina para combinar com as atrações turísticas internacionais do Porto Maravilha? Não é só você. A Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) também programou um mutirão de limpeza de segunda 13 a sexta 17. A Superintendência de Gestão Portuária dos Portos do Rio de Janeiro e Niterói (Suprio) reuniu esta semana empregados e representantes das empresas operadoras e arrendatárias dos terminais para tratar do assunto.

O mutirão vai recolher entulho, terra e madeirame, resíduos que foram se acumulando nos mais de 6 quilômetros de cais do Porto do Rio de Janeiro. O material será concentrado em um ponto para ser retirado por uma empresa especializada e ter destinação adequada.


LEIA TAMBÉM:

Navios no Píer Mauá turbinam turismo. Veja datas de janeiro

Que tal abrir uma franquia em 2020? Se ligue nas dicas

Intercity 2020 tem happy hour panorâmico


De acordo com o superintendente de Gestão Portuária do Rio de Janeiro e Niterói, Leandro Lima, a medida é paliativa, mas uma solução definitiva será providenciada. ”Estamos em fase final de contratação de uma vassoura mecânica para limpeza rotineira e de uma empresa para retirada dos resíduos sólidos”, afirmou Leandro. A Gamboa agradece.

“Além disso, estamos trabalhando para que o Cais da Gamboa receba obras de pavimentação, de drenagem, e uma nova iluminação, o que contribuirá também para a manutenção da limpeza e para a melhoria do aspecto do local”, concluiu o superintendente. As empresas que participam do mutirão são MultiTerminais, ICTSI, Triunfo Logística, Pennant e Terminal de Trigo do Rio de Janeiro (TTRJ).