Docas do Rio tem lucro de R$ 630 milhões em 2020 | Diário do Porto

Navegação

Docas do Rio tem lucro de R$ 630 milhões em 2020

Companhia Docas, que administra os portos do Rio, Itaguaí, Niterói e Angra, registrou um crescimento de 21% na receita. Valor é o maior dos últimos 10 anos

4 de janeiro de 2021
Docas: lucro cresceu R$108 milhões em relação a 2019 (Foto: CDRJ / Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


A Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), anunciou que obteve lucro de R$ 630 milhões no exercício de 2020, com crescimento de 21% na receita. O faturamento é o maior dos últimos 10 anos e foi superior ao de 2019 em R$ 108 milhões. A empresa administra os portos do Rio de Janeiro, Itaguaí, Niterói e Angra dos Reis.

Segundo Docas, o número histórico deve-se a uma conjugação de fatores: a sustentação das operações durante a pandemia, as negociações bem-sucedidas com parceiros comerciais e à grande elevação do preço do minério de ferro em reais.

Assim, com o aumento da demanda por minério de ferro (principal produto exportado pelos portos de Docas), o volume total movimentado pela companhia cresceu 7% em relação a 2019.

Docas tem faturamento concentrado no minério de ferro

Para o diretor-presidente da Docas RJ, Francisco Antonio de Magalhães Laranjeira, “atingir o recorde histórico no momento de pandemia é um marco importante e demonstra que os portos não pararam em nenhum momento”.

O minério de ferro foi responsável por 72% do volume movimentado nos portos administrados pela empresa.

Os terminais de contêineres tiveram um aumento de 7% em relação a 2019. Esse crescimento no final do ano aconteceu porque a empresa buscou outros tipos de cargas, diversificando os negócios.

Os demais terminais tiveram um crescimento de mais de 30%. De acordo com a Docas, esse número teve forte influencia pelo crescimento de 56% nas exportações de ferro gusa.

 


LEIA TAMBÉM

Volkswagen, em Resende, prevê investir R$ 3 bilhões

Loft: comprador de imóvel quer segurança e mobilidade

Conheça Carlo Caiado, presidente da Câmara do Rio