Docas do Rio tem faturamento 81,9% maior em 2021 | Diário do Porto


Portos

Docas do Rio tem faturamento 81,9% maior em 2021

Cia. Docas do Rio comemora aumento de faturamento no ano até aqui. Resultado reflete retomada econômica do Rio ainda durante a pandemia

3 de novembro de 2021

Docas do Rio registra aumento de 81,9% no faturamento (divulgação/Docas do Rio)

Compartilhe essa notícia:


Com o resultado alcançado no terceiro trimestre do ano, a Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ)teve um incremento de 81,9% em relação ao faturamento mesmo período de 2020. A movimentação de cargas cresceu 23,9% quando comparada aos números do ano passado. A autoridade portuária que administra os portos do Rio de Janeiro, Itaguaí, Niterói e Angra dos Reis comemora o desempenho no acumulado de 2021.

O relatório de movimentação e faturamento da Docas do Rio indica que a movimentação de cargas no último mês de setembro atingiu a marca de 6 milhões de toneladas, sendo a segunda maior movimentação mensal do ano, além de superar em 6,4% o volume de agosto. O resultado de setembro foi impulsionado pela movimentação de 5,22 milhões de toneladas no Porto de Itaguaí, que corresponde a um aumento de 9,1% em relação a agosto passado e de 7% se comparado a setembro de 2020. O Porto do Rio de Janeiro, por sua vez, movimentou 759 mil toneladas, volume 4,9% maior que o de setembro de 2020, e manteve a média mensal de 2021.

Porto do Rio fatura R$ 16,5 milhões em 2021

A análise destaca ainda que o faturamento de setembro atingiu a marca de R$ 106,9 milhões, que supera em 106% o faturamento de setembro de 2020. O valor representa o terceiro melhor resultado deste ano, em termos nominais, até o momento. No Porto de Itaguaí, o faturamento de setembro (R$ 89,2 milhões) foi o segundo maior de 2021 e, no do Rio de Janeiro, o faturamento de R$ 16,5 milhões em setembro ficou na linha média deste ano, mas teve um acréscimo de 47,9% sobre o valor faturado em setembro de 2020.

Segundo o diretor-presidente da Docas do Rio, Francisco Antonio de Magalhães Laranjeira, o resultado registrado pelos dados estatísticos, no terceiro trimestre e no acumulado de janeiro até setembro, é bastante animador: “Trata-se de um ano ímpar para nossa companhia, graças a um trabalho árduo, sério e responsável das nossas equipes e ao vigor operacional dos nossos portos, que estão se modernizando e vêm conseguindo contribuir para a retomada econômica atualmente em curso no Estado do Rio de Janeiro e em todo o país”, completou Laranjeira.


LEIA TAMBÉM:

Alerj aprova projeto que estimula uso de energia solar

HACKTUDO volta com edição híbrida na Cidade das Artes

Prêmio Visão Consciente prorroga inscrições para 30/11