Dia dos Pais pode movimentar R$ 819 milhões no Rio | Diário do Porto

Economia

Dia dos Pais pode movimentar R$ 819 milhões no Rio

Fecomercio prevê que Dia dos Pais terá um gasto médio de R$ 139 por pessoa no Rio. Pandemia ainda afeta fortemente os negócios

1 de agosto de 2020
Prefeitura do Rio prorroga restrições até 22 de março, mas amplia horário de bares e restaurantes (Foto: Agência Brasil / Fernando Frazão)


Compartilhe essa notícia:


O movimento de vendas com o Dia dos Pais, que será celebrado em 9 de agosto, pode injetar R$ 819 milhões na economia do Rio. A estimativa da Fecomércio RJ (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio) foi divulgada pelo colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo.

Uma pesquisa com 533 consumidores previu um gasto médio de R$ 139,42 por pessoa. O resultado mostra que a pandemia do novo coronavírus ainda afeta duramente os negócios. No ano passado, sem a Covid-19, a Fecomércio apontou um movimento de R$ 1,3 bilhão, com um gasto médio R$ 154 por pessoa.

Dia dos Pais: novos horários para lojas

A Prefeitura do Rio está iniciando a fase 5 de flexibilização da quarentena na cidade. As lojas de rua poderão abrir às 9h aos sábados e domingos, com horário de fechamento liberado. De segunda a sexta, a abertura será mantida às 11h, com fechamento livre. Já os shoppings, poderão retornar ao funcionamento no horário normal, das 10h às 22h.


LEIA MAIS

Hotéis do centro do Rio começam a superar o pior da crise

Safári no Rio? Este ano o Zoo vai virar BioParque, sem jaulas

Firjan aponta otimismo para os próximos 6 meses