Música

Da ditadura ao Carnaval: música de Gonzaguinha será enredo da Império Serrano

Escola escolheu para seu desfile no Grupo Especial o sucesso ‘O Que é, o Que é?’. Cantor e compositor já foi enredo da Estácio de Sá no Carnaval 2017

2 de novembro de 2018
Gonzaguinha, que morreu aos 45 anos, foi enredo da Estácio em 2017 (Foto: Arquivo)

Compartilhe essa notícia em sua rede social:
Gonzaguinha, que morreu aos 45 anos, foi enredo da Estácio em 2017 (Foto: Arquivo)

Em cartaz até dia 25 no Teatro João Caetano, o espetáculo ‘Gonzaguinha, um eterno aprendiz, o musical’ apresenta passagens da vida do artista que iniciou sua trajetória na década de 60, em meio aos tropeços da ditadura militar, e seguiu cantando seus amores e anseios pela vida.

Em 2017, Gonzaguinha foi tema do Carnaval da Estácio de Sá, com o enredo “É! O Moleque desceu o São Carlos, pegou um sonho e partiu com a Estácio!”. No Carnaval 2019, a escola de samba Império Serrano escolheu como enredo para seu desfile no Grupo Especial o sucesso de Gonzaguinha ‘O Que é, o Que é?’.

Luiz Gonzaga do Nascimento Júnior, mais conhecido como Gonzaguinha, carioca nascido em 1945, morreu com apenas 45 anos após sofrer um acidente de carro. A tragédia ocorreu  na madrugada do dia 29 de abril de 1991, quando voltava pra casa depois de um dos seus muitos shows pelo interior do país.

Gonzaguinha era filho registrado, mas não natural, do cantor e compositor pernambucano Luiz Gonzaga, ‘o rei do baião’ e de Odaleia Guedes dos Santos, cantora do Dancing Brasil. Teve quatro filhos: Daniel Gonzaga, Fernanda, Amora Pêra e Mariana.

 

Compartilhe essa notícia em sua rede social: