Cury prepara 3º torre do Rio Wonder Mauá | Diário do Porto


Imóveis

Cury prepara 3º torre do Rio Wonder Mauá

Após esgotar primeira torre, Cury começa a vender a segunda fase do “Rio Wonder Residences Mauá” e prepara lançamento da terceira

6 de agosto de 2021

Paes crê que Porto será o novo foco do mercado imobiliário (Beth Santos/Prefeitura)

Compartilhe essa notícia:


A Cury Construtora, responsável pelo primeiro lançamento residencial do Porto Maravilha, começou a vender as 377 unidades da segunda torre do Rio Wonder Residences Mauá. Todas as 474 unidades da primeira das três torres previstas pelo empreendimento foram vendidas em apenas duas semanas. A previsão de entrega é para junho de 2024. Agora a construtora se prepara para lançar a terceira torre do empreendimento até o final do ano.

Prova do sucesso do empreendimento, a construtora recebeu 2,8 mil fichas preenchidas com dados cadastrais de potenciais compradores apenas para a primeira torre. Com o futuro lançamento da terceira fase, a construtora espera chegar a 1,2 mil unidades comercializadas. Caso todas seja habitadas, a Região Portuária pode receber cerca de três mil novos moradores permanentes, o que movimentará bares, restaurantes e comércios da região.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, que participou do lançamento das duas primeiras torres do empreendimento residencial no Porto Maravilha, está otimista com a expansão imobiliária da região. Segundo ele, o investimento pretende consolidar a Região Portuária como foco do mercado imobiliário. “Aqui você tem uma área no centro da metrópole, com toda a infraestrutura do mundo, que tem escola, hospital, posto de saúde, transporte público abundante e de qualidade na porta”, disse o prefeito.

Para isso Paes aposta no Reviver Centro, programa da Prefeitura que irá conceder incentivos fiscais para estimular a construção de novas moradias ou a reforma de prédios comerciais ociosos, convertendo-os em edifícios de uso residencial ou misto.


LEIA TAMBÉM:

Distrito Empresarial do Porto sai do papel

Aeroporto de Maricá terá operação noturna e voos regionais

Projeto Social deixará a Praça Tiradentes


Renda média surpreende Cury

O novo prédio conta com studios e apartamentos de um e dois quartos, com opção de suíte, além de um espaço de coworking para moradores, com vista no último andar para a Baía de Guanabara. O empreendimento fica na esquina das ruas Cordeiro da Graça e Equador, no Santo Cristo, próximo à Rodoviária do Rio.

O projeto destina-se a famílias com renda mensal de R$ 6 mil a R$ 11 mil. Segundo Adriano Pereira Affonso, do departamento de vendas da Cury, a renda média dos compradores das unidades da torre 1 foi R$ 9,5 mil, o que surpreendeu positivamente à incorporadora.

“Isso prova que o Porto se tornou uma região atrativa para famílias com renda mais elevada. E demonstra também o enorme potencial dessa região. O Wonder foi um dos empreendimentos que mais nos orgulhou nos últimos anos”, disse Affonso, durante o evento de lançamento do Distrito Empresarial do Porto, entidade recém-criada que reúne empresários, autoridades públicas e personalidades ligadas à Região Portuária.

O preço dos imóveis varia de R$ 195 mil a R$ 400 mil, a maioria acima dos limites do Casa Verde e Amarela, programa do governo federal que substituiu o Minha Casa Minha Vida. Os apartamentos podem ser financiados com recursos do FGTS e da poupança.

Especializada em empreendimentos imobiliários para as classes B e C, a Cury Construtora informou ter investido R$ 48 milhões na compra do terreno de 7.175 m² e dos Cepacs (Certificados de Potencial Adicional de Construção), que são títulos que permitem a construção de prédios na área do Porto, junto ao fundo de investimento da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), empresa pública do município. A Cury tem mais quatro grandes terrenos na região. O Wonder pode ser apenas o primeiro de uma série de empreendimentos da construtora no Porto Maravilha.