Cury já vendeu 200 unidades do Pateo Nazareth | Diário do Porto


Imóveis

Cury já vendeu 200 unidades do Pateo Nazareth

Construtora Cury fez 3 lançamentos no Porto Maravilha, em 1 ano. Pateo Nazareth, na Av Cidade de Lima, tem estúdios e aptos de 1, 2 e 3 suítes

2 de julho de 2022

Cury já vendeu 200 das 814 unidades do Pateo Nazareth, no Porto Maravilha (foto: Cury / Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


Menos de duas semanas após ter iniciado as vendas, a Construtora Cury já vendeu 200 unidades de seu novo lançamento no Porto Maravilha, o Pateo Narazeth, na avenida Cidade de Lima, 60, no Santo Cristo. O resultado é comemorado pelo vice-presidente da empresa Leonardo Cury.

“O Porto Maravilha e a região do Santo Cristo comprovam sua vocação residencial e a Cury é parceira desse sucesso do Rio de Janeiro”, disse Leonardo ao DIÁRIO DO PORTO. O novo empreendimento, com 814 unidades, tem dois blocos que reúnem estúdios e apartamentos de 1, 2 e 3 quartos.

Esse é o terceiro lançamento da Cury na região desde o ano passado. Ao todo, somados com os outros dois empreendimentos, já são cerca de 3 mil unidades habitacionais anunciadas. Isso representa cerca de 9 mil novos moradores para a Região Portuária, quase um terço dos aproximadamente 30 mil moradores atuais.

Cury destaca as vantagens do Porto Maravilha

O prefeito Eduardo Paes, que esteve no lançamento do Pateo Nazareth no início do mês passado, enfatizou como positivo o adensamento populacional, principal objetivo do Porto Maravilha nos próximos anos. “Não é só mais um empreendimento sendo lançado que estamos vendo aqui hoje. É o futuro da cidade. Aqui se está construindo uma cidade muito melhor, com infraestrutura, mobilidade e ao lado do Centro, onde fica concentrada a maior parte dos empregos”.

O Pateo Nazareth tem unidades a partir de R$ 285 mil. Os blocos terão áreas comuns na cobertura, com piscina, quadra gramada e espaço de coworking. Leonardo Mesquita, destaca os atrativos da região. “Viver no Porto Maravilha é estar ao lado de uma área pulsante da cidade. É o VLT passando na porta, ruas urbanizadas, estar próximo ao Boulevard Olímpico, ao futuro IMPA e ao lado do Centro do Rio.  Acreditamos que a Região Portuária é o novo vetor de crescimento e desenvolvimento da cidade”.


LEIA TAMBÉM:

Sesc RJ na Estrada mergulha em paraíso de Mangaratiba

Projeto da Alerj para recuperar o Centro agora é lei

Maricá facilita acesso a medicamentos especiais


/