Geral

Após 2 anos, Crivella anuncia reajuste de servidor

Anúncio do aumento foi em grande estilo. O prefeito Crivella culpa dívidas deixadas por Eduardo Paes pela falta de reajuste do funcionalismo

9 de janeiro de 2019
Um dia antes de anunciar o reajuste, prefeito lançou programa em Rocha Miranda (Edvaldo Reis/Prefeitura)

Compartilhe essa notícia em sua rede social:
Um dia antes de anunciar o reajuste, prefeito lançou programa em Rocha Miranda
Um dia antes de anunciar o reajuste, prefeito lançou programa em Rocha Miranda (Edvaldo Reis/Prefeitura)

O prefeito Marcelo Crivella anunciou nesta quarta-feira 9 de janeiro que vai reajustar o salário dos servidores municipais em fevereiro. Há dois anos os funcionários não têm reajuste. O percentual do aumento depende do fechamento do IPCA-E (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial) deste mês, mas já se sabe que deve ficar em torno de 8%.

O cálculo leva em conta a taxa acumulada desde o último reajuste dos servidores, em setembro de 2016, um mês antes da eleição do atual prefeito. Ele anunciou o reajuste ressaltando que ele acontece “depois de dois anos de uma crise muito difícil”.

Prefeito cita ‘dívida da Olimpíada’

“Para vocês terem uma ideia, nos dois últimos anos do governo anterior, a Prefeitura teve R$ 70 bilhões (de orçamento). Nos meus dois primeiros anos, foram menos de R$ 60 bilhões, ou seja, R$ 11 bilhões a menos”, acrescentou. Segundo o prefeito, a atual gestão ainda teve de pagar empréstimos contraídos para a realização da Olimpíada.

 


VEJA TAMBÉM:

Crivella pede o Porto do Rio para Paulo Guedes

Prefeito vai à Justiça contra a Caixa por causa do Porto

Alô Região Portuária: a boa é ligar para o 1746!


 

Em 2017, de acordo com os cálculos da prefeitura, foram pagos R$ 1,2 bilhão, e ano passado, mais R$ 1,5 bilhão. Então, não deu para dar o aumento. Hoje, anunciamos que será dado o aumento já a partir de 1º de fevereiro”, afirmou.

Em visível mudança de estilo, o prefeito tem reforçado a divulgação de atos administrativos e políticos. No dia anterior, ele lançou em Rocha Miranda o programa “Cuidar da Cidade”. Falou com moradores e até plantou árvore.  O anúncio do reajuste foi divulgado em grande estilo, em um vídeo, nas redes sociais do prefeito. Ele aparece ao lado do secretário da Casa Civil, Paulo Messina. O secretário ressaltou que Crivella teve coragem para fazer as mudanças necessárias para estruturar a receita do município.

“Foram várias medidas estruturantes que há várias décadas muitos prefeitos não tiveram coragem de fazer. Hoje, é possível dizer que estamos vencendo a crise, praticamente fora dela. E, a partir de 1º de fevereiro, já vai começar a valer o reajuste do funcionalismo público”, reforçou Messina.

Compartilhe essa notícia em sua rede social: