Criança com educação financeira? A família agradece. | Diário do Porto


Inovação

Criança com educação financeira? A família agradece.

Pesquisa da Abefin, Instituto Axxus e Unicamp comprova que educação financeira dos filhos na escola produz impacto positivo nas contas da família

11 de novembro de 2018

Educação financeira da criança beneficia a família toda (Deposit Photos)

Compartilhe essa notícia:


Educação financeira da criança beneficia a família toda
Educação financeira da criança beneficia a família toda (Deposit Photos)

Se você acha que educação financeira é só uma modinha de escolas liberais, é melhor repensar. Pesquisa da Associação Brasileira de Educação Financeira (Abefin), em parceria com o Instituto Axxus e a Unicamp, comprova que a educação financeira dos filhos na escola produz impacto positivo nas contas da família.

Uma das perguntas da pesquisa foi a seguinte: “Se a partir de hoje você não recebesse mais o seu ganho mensal (salário), por quanto tempo conseguiria manter o seu atual padrão de vida?”. Os entrevistados cujos filhos recebem educação financeira citaram um tempo maior.

Entre os pais de crianças sem este complemento educacional, 44% conseguiriam viver apenas um mês. Outros 53% responderam que até seis meses, e apenas 3% acima desse período. Já nas famílias com filhos que tiveram educação financeira, só 2% viveriam apenas um mês, 73% até seis meses, e 25% acima desse período. A conclusão dos pesquisadores é que os ensinamentos dos filhos são replicados e assimilados pelos pais.

VEJA MAIS:

Palestrante de 13 anos estará no ColaborAmerica, na Lapa

Mast ensina crianças a brincar com matemática

Quando os pais são perguntados o filho ou a filha participa das discussões sobre finanças da família, 100% dos entrevistados cujos filhos estão recebendo educação financeira responderam que sim, que os filhos entendem e opinam. Por outro lado, só 11% dos entrevistados cujos filhos não tem educação financeira responderam positivamente.

Reinaldo Domingos - educação financeira
Reinaldo Domingos (reprodução)

“Sempre soubemos da importância da educação financeira nas escolas e de seu impacto sobre professores, pais e alunos. Mas era necessário provar em números”, explica o presidente da Abefin, Reinaldo Domingos. “A partir da pesquisa esperamos criar uma maior compreensão das escolas e dos pais sobre a importância do tema.”

Domingos ressalta que, apesar de avanços como a Estratégia Nacional de Educação Financeira (Enef), ainda há muito preconceito envolvendo o tema.

A pesquisa foi realizada com pais de crianças de 04 a 12 anos em São Paulo, Rio, Recife, Goiânia e Vitória. Participaram escolas adotantes e não adotantes de programas de educação financeira. Entrevistados: 81% mães, 11% pais e 8% cuidadores.

Para 2019, a expectativa é de um grande aumento no número de escolas adotantes, até porque a educação financeira está prevista na Base Nacional Comum Curricular (BNCC). E a escola do seu filho, já tem algum projeto neste sentido?


/