'Outdoor social' gera renda em favelas | Diário do Porto


Empresas

‘Outdoor social’ gera renda em favelas

Empresa de telefonia remunera moradores por uso do espaço para instalar outdoor social e por mão de obra usada no transporte e colocação das peças

13 de maio de 2021

Operadora de telefonia móvel coloca publicidade em residências de comunidades do Rio (Foto: Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


Moradores da Rocinha, Rio das Pedras e Complexo do Alemão estão recebendo uma remuneração extra para alugar espaços em suas casas para a instalação de outdoors da empresa de telefonia Tim. A comunidade ainda ganha por distribuir, transportar e reciclar as peças do “Outdoor social”. Segundo a empresa, o uso remunerado dos muros dessas casas e destinará cestas básicas para o G10, o bloco das dez maiores favelas do Brasil, a cada painel instalado.

Daniel Oliveira, diretor comercial da regional Sudeste da TIM Brasil, afirma que a empresa está atenta aos impactos econômicos causados pela pandemia e incluiu a ação do ‘Outdoor Social’ entre suas práticas ESG, sigla em inglês para se referir às melhores iniciativas ambientais, sociais e de governança de um negócio.

 

Tim lança o outdoor social em comunidades do Rio e BH (Foto: Divulgação)

“Este é um momento em que as empresas podem ocupar um papel de protagonismo na sociedade, fortalecendo a conexão entre a marca e as pessoas. Buscamos ultrapassar a fronteira do serviço e gerar desenvolvimento em locais impactados pelos efeitos da pandemia da Covid-19”, afirma.

Três comunidades de Belo Horizonte (Cabana do Pai, Taquaril e Alto Vera Cruz) também estão recebendo os painéis. Esse modelo de publicidade já beneficia moradores de áreas carentes de Belém, Fortaleza, Salvador, Recife e João Pessoa. As peças trazem anúncios de planos da Tim.

LEIA TAMBÉM

Fundição Progresso lança cursos gratuitos de produção cultural

Fechado há 5 anos, Teleférico do Alemão vira abrigo da PM

Firjan-Sesi se une a movimentos sociais contra a fome