Evento

Congresso Mundial de Arquitetura adiado para 2021

O Congresso Mundial de Arquitetura será adiado para 2021 por causa da pandemia do coronavírus. Quem já se inscreveu não precisa realizar qualquer ação

22 de março de 2020
27º Congresso Mundial de Arquitetura foi adiado para 2021 (Foto: DiPo)

Compartilhe essa notícia:


Como antecipado pelo DIÁRIO DO PORTO, o 27º Congresso Mundial de Arquitetura foi adiado. Reunião com a União Internacional de Arquitetos (UIA), Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) e o Comitê Executivo UIA2020RIO, definiu que o Congresso acontecerá entre os dias 18 e 22 de julho de 2021, respeitando as recomendações das autoridades e da OMS pela pandemia do novo coronavírus.

Quem já havia se inscrito para participar do evento não precisará realizar qualquer ação, as inscrições seguem ativas para o evento no próximo ano. Da mesma forma, os profissionais que tiveram seus projetos aprovados para apresentação no Congresso, seguem aceitos. O arquiteto holandês Lodewijk Luken, criador do projeto de redução de poluição, Panorama Paquetá, que será apresentado no evento, elogia a decisão do adiamento da UIA 2020. “Concordo com o adiamento da UIA para 2021. No momento, é muito importante tomar todas as medidas necessárias para impedir o avanço da pandemia, distanciamento social é uma delas. Ainda não sabemos quanto tempo precisaremos até a pandemia ser finalizada”, diz.

O 27º Congresso Mundial de Arquitetura acontece a cada 3 anos e será sediado na cidade do Rio de Janeiro, que este ano recebeu da UNESCO o título de Capital Mundial de Arquitetura, por sediar o evento. Com o tema “Todos os mundos. Um só mundo. Arquitetura 21”, o evento segue previsto para acontecer no Pier Mauá. Grandes eventos mundiais estão sendo cancelados ao redor do mundo, entretanto, os Jogos Olímpicos de Tóquio – 2020, que aconteceria na mesma época do Congresso, segue com o calendário mantido.


LEIA MAIS

Congresso Mundial de Arquitetura será adiado

Hospital de campanha no Riocentro terá 500 leitos

Rio suspende ônibus intermunicipais e para outros Estados


Para o Congresso, são esperados entre 15 a 20 mil participantes que, em sua maior parte, serão de brasileiros, mas o evento também reunirá profissionais de todo o planeta. No momento atual, 10.000 pessoas já morreram vitimadas pela Covid-19 no mundo e são mais de 280 mil infectados.

Decretos do governo municipal e estadual impedem eventos com aglomerações de pessoas no Rio de Janeiro, que vê crescer a quantidade de casos de Covid-19 diariamente. Já são mais de 110 casos e 3 mortes em consequência da doença, nenhuma ainda na cidade do Rio.