Coletivo de autores assina livro sobre “novo normal” pandêmico | Diário do Porto


Literatura

Coletivo de autores assina livro sobre “novo normal” pandêmico

Livro com contos de 25 autores aborda o caos causado pela pandemia e suas consequências. Obra tem campanha no site Catarse até 13/12

11 de dezembro de 2021

Vinte e cinco autores assinam os contos de "Tempus Fugit – Histórias de morte, sobrevivência e recomeços" (divulgação)

Compartilhe essa notícia:


Um coletivo formado por 25 jornalistas, compositores, roteiristas e amigos de trabalho e de vida se reuniu pela segunda vez para criar a coletânea “Tempus Fugit – Histórias de morte, sobrevivência e recomeços”. A primeira obra do grupo foi lançada no início desde ano: “Amores Confinados – Histórias românticas em tempos virulentos”.

“Escrever sobre o que estávamos vivendo foi uma necessidade para enfrentar a realidade que se mostrou tão dura. Um futuro incerto, um luto coletivo… Superamos juntos e a escrita nos ajudou”, diz Luciana Neiva, uma das organizadoras do projeto ao lado da também jornalista Marcela Esteves. O projeto gráfico é do designer Bruno Drummond.

Os autores são Anna Lee, Armando Freitas, Arnaldo Bloch, Aziz Filho, Bárbara Pereira, Christovam Chevalier, Fernanda de Mello Gentil, José Guilherme Vereza, Laïs Mendes Pimentel, Lilian Arruda, Luciana Neiva, Luís Pimentel, Marcela Esteves, Marcelo Várzea, Maria Dória, Nelson Vasconcellos, Olga de Mello, Patrícia Melloddi, Regina Zappa, Renata Andrade, Ricardo Sarmento, Rita Fernandes, Sidney Garambone, Silvio Essinger e Thais Pontes

“Os contos de “Tempus Fugit” falam sobre caos vigente – uma época estranha chamada de “novo normal.” O que sobrou? Quem somos, agora? E, pior, quem são os que nos cercam, nos amam e nos devoram? Quanta vida ainda temos? Qual o tempo que fugiu?”, completa Marcela.

.Autor de “Caminhos”, Luís Pimentel estruturou seu conto como uma sonata trágica dividida em seis movimentos. “Em cada um deles os personagens se arrastam, se debatem e alguém sempre se dá mal! Os diversos caminhos foram escritos antes, durante e depois da pandemia; portanto, em nenhum deles temos um quadro fechado dessa tenebrosa situação. Mas em todos estão recortes da mesma e comum angústia”, diz o autor.

Luís Pimentel é autor de “Caminhos”, uma sonata trágica dividida em seis movimentos (divulgação)

O livro tem lançamento previsto para domingo, dia 19 de dezembro, na Livraria Argumento do Leblon. Há também opção de adquiri-lo até segunda-feira, 13/12, pela plataforma de financiamento coletivo Catarse. Há várias opções com diversas recompensas com valores entre R$ 25 e R$ 195 (ou mais).

Serviço:

Lançamento

 “Tempus Fugit – Histórias de morte, sobrevivência e recomeços”

Domingo – 19/12

17h

Livraria Argumento – Leblon

Rua Dias Ferreira, 417

Para compras pela plataforma Catarse até 13/12 acessar o link: https://www.catarse.me/tempusfugit?fbclid=IwAR3FWy3p-JysuUk1kL3V9a4H7oXUWtILxZ-T1tnSKp2ohZlhn0J-vfe3rFc

 


LEIA TAMBÉM:

Alerj quer suspender licença para obras no S. Dumont

Cortejo “Encantaria de Terra e Mar” ocupa Praça Mauá

Gigante Antonov traz 40 toneladas de carga para a indústria do RJ


/