Mobilidade

Coderte, Rodoviária do Rio e Setrans lançam “Embarque Consciente”

Campanha traz novas medidas de combate ao coronavírus, na Rodoviária. Usuários devem usar máscaras e a temperatura de todos será medida nos acessos

4 de junho de 2020
Coderte, Rodoviária do Rio e Setrans criam protocolo para volta das viagens de ônibus (foto: Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


A Rodoviária do Rio, a Coderte (Companhia de Desenvolvimento Rodoviário e Terminais do Estado do Rio de Janeiro) e a Setrans (Secretaria Estadual de Transportes) iniciaram esta semana mais um protocolo de segurança, a operação “Embarque Consciente”. São novas medidas de combate ao novo coronavírus e uma campanha voltada aos usuários, que somente poderão acessar o terminal usando máscaras.

Todos terão a temperatura medida no acesso (por termômetros digitais), e deverão respeitar a nova comunicação visual de distanciamento mínimo permitido no terminal, incluindo área de alimentação, comércio, assentos, pisos das bilheterias, bem como nas escadas rolantes.

A concessionária também disponibiliza 40 pontos com álcool em gel em vários locais do terminal. O movimento de passageiros caiu 96% com a suspensão de linhas intermunicipais. Espera-se a retomada gradual do movimento, ao longo dos próximos meses, a partir desta segunda-feira (8/6), com a volta das linhas intermunicipais, ainda com restrições necessárias.

Rodoviária, Coderte e Setrans criam boxes neutralizadores

Também em parceria com a Coderte e a Setrans, a Rodoviária do Rio, vai inaugurar, no início da próxima semana, 2 boxes neutralizadores, nos acessos ao terminal.

Semelhante a um portal, de cerca de 3 metros, a estrutura dispõe de um sensor de presença, que aciona borrifadores com uma solução antisséptica, eficaz contra bactérias, fungos, leveduras e vírus e que será utilizada também para o combate ao novo coronavírus.


LEIA MAIS:

Porto Maravilha faz Caixa e Prefeitura brigarem na Justiça

Rodoviária do Rio e viações estão prontas para volta das viagens

Docas ganha isenção de impostos para modernizar portos


Em spray, a substância não possui ação corrosiva, não é volátil, não possui odor e não irrita a pele e as mucosas. O produto é aprovado pela Anvisa e possui digluconato de clorexidina a 0,2%, que pode substituir álcool em gel. As viações também estão promovendo medidas de biossegurança como a desinfecção de frotas, distribuição de álcool em gel e treinamento de seus funcionários no atendimento ao cliente.

“Estamos fazendo nossa parte tornando o ambiente seguro para os viajantes. Agora é muito importante que os passageiros também tenham responsabilidade e consciência ao usar as instalações com máscara e respeitar as novas regras de distanciamento social. A retomada do turismo será pela via rodoviária e estamos preparados para proporcionar um embarque e viagem seguros para todos”, diz Beatriz Lima, porta voz da Rodoviária do Rio.

Desde o início da pandemia, a concessionária tem promovido diversas ações para manter o terminal rodoviário em funcionamento e para oferecer segurança a quem precisa utilizá-lo. Todo terminal tem passado por higienização com cloro e desinfetante, quatro vezes ao dia, principalmente nos assentos, corrimãos, botões de elevadores entre outros pontos de contato.