Coalizão Rio ganha sede no Porto Maravilha | Diário do Porto

Inovação

Coalizão Rio ganha sede no Porto Maravilha

Grupo Coalizão Rio, que reúne empresários e autoridades para fortalecer a economia do Rio, agora terá sede no edifício Novocais, no Santo Cristo

10 de abril de 2021


Membro do Coalizão Rio, Armando Iazzetta administra o edifício Novocais e é diretor de investimentos da Novonor (foto: Clube Empreendedor / Divulgação)


Compartilhe essa notícia:


O grupo Coalizão Rio já tem uma sede física para receber os seus integrantes e convidados, em reuniões de trabalho e eventos presenciais que devem voltar a ser mais frequentes com o avanço da vacinação contra a Covid-19. O endereço é o edifício Novocais, no bairro do Santo Cristo, no Porto Maravilha.

O Coalizão Rio é um grupo composto por cerca de 100 empresários, autoridades públicas e líderes do terceiro setor, que atua para o fortalecimento econômico e social do Rio de Janeiro. Desde o ano passado, o grupo realizou dois encontros presenciais, um deles com a presença do governador e do prefeito. Além disso, o Coalização Rio funciona em um portal exclusivo para estruturação de projetos e possui um ativo ambiente de discussão on-line.

Agora, a sede física funcionará em áreas do Novocais, distribuídas no terceiro andar, com sala para trabalho e pequenas reuniões, e no sexto-andar, com salão para grandes apresentações e encontros para debates. Os espaços são administrados pelo diretor de investimentos da Novonor, Armando Vinicius Flores Iazzetta, responsável pelo Novocais e integrante do Coalizão Rio.

Coalizão Rio será vizinho do Clube Empreendedor

No edifício, já funciona o Clube Empreendedor, que é presidido por Luis Claudio Souza Leão e é um dos idealizadores do Coalizão Rio. Lá também estão instaladas grandes empresas como Unimed Rio, Trinfo Logística, Enseada Indústria Naval, Ocyan, OR e OEC. Há espaços geridos pela My Office, além de restaurante, bar e salão.

Um dos atuais focos do Coalizão Rio são as ações para captar recursos e doações que reduzam o impacto da pandemia sobre a população mais pobre. O grupo também vem atuando intensamente no projeto de recuperação do Mercado São Sebastião e discutindo as ações para que o Aeroporto Internacional do Rio volte a ser um hub aéreo importante no país.

O Coalizão Rio tem o apoio da Avenida Comunicação e do DIÁRIO DO PORTO.


LEIA TAMBÉM:

Mapa da Mulher vai mostrar como vivem 3,6 milhões de cariocas

Comércio precisa de apoio para sobreviver a isolamento

RIOgaleão, maldade ou burrice? Os passos para sua revitalização