Coalizão Rio discute mais rodovias e ferrovias no RJ | Diário do Porto


Investimentos

Coalizão Rio discute mais rodovias e ferrovias no RJ

Encontro do Coalizão Rio reunirá empresários e autoridades dia 5, em Copacabana, para discutir redução do Custo Brasil e novas concessões

21 de fevereiro de 2021

Esboço da futura estação do metrô leve para o Galeão será mostrado para o Coalizão Rio (foto: Governo do Rio / Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


Reduzir o Custo Brasil e criar novas concessões de rodovias e ferrovias para estimular o crescimento econômico e a geração de empregos. Essas duas ações estratégicas serão discutidas dia 5 de março, em Copacabana, por empresários e autoridades no 2º encontro do Coalizão Rio, que busca soluções para fortalecer a economia no Estado. O evento terá a participação do prefeito Eduardo Paes e do governador em exercício, Cláudio Castro.

Um dos palestrantes será o secretário estadual de Transportes, Delmo Pinho, que falará sobre “As novas concessões de rodovias e ferrovias no RJ e fronteiras imediatas”. Já os projetos para redução dos custos que impactam a vida das empresas serão o tema da apresentação de Jorge Lima, CEO do Projeto Custo Brasil, da Secretaria Especial do Ministério da Economia.

Um dos projetos em estudo no Palácio Guanabara é a concessão de uma linha com 17 quilômetros de metrô leve de superfície, como o VLT Carioca, entre a estação Estácio e o Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), na Ilha do Governador. É um projeto ambicioso, de R$ 2 bilhões, e depende de acordo com a União para usar o recurso federal da outorga paga pela concessionária RioGaleão.

 

Delmo Pinho
Delmo Pinho: inspiração em outras metrópoles

“Esse modelo reproduz o que acontece nos aeroportos mundo afora. Se a União permitir, esse recurso será empregado para melhorar a operação de um equipamento que pertence a ela mesma, o aeroporto”, defende o secretário.

No 1º encontro, Castro e Paes

O objetivo do Coalizão Rio, formado no ano passado, é gerar negócios e empregos no Rio de Janeiro. Em seu primeiro encontro, em dezembro, o grupo já havia contado com a presença de Cláudio Castro e do então prefeito eleito, Eduardo Paes, além do senador Carlos Portinho, de vários secretários de Estado e líderes empresariais, como os presidentes da Fecomércio RJ, Antonio Florencio de Queiroz Junior, e da Associação Comercial do Rio de Janeiro, Angela Costa.

Jorge Lima
Jorge Lima: redução do custo Brasil

Jorge Lima, CEO do Projeto Custo Brasil, deverá fazer uma abordagem dos impactos para a economia do Estado do Rio, a partir da aprovação de iniciativas que reduzem entraves à competitividade no país.

 


LEIA TAMBÉM:

Edital do samba: R$ 1,5 milhão para escolas e blocos

Fábrica de Startups sediará 1ª Brazil Conference fora de Boston

Cassinos voltam à discussão e Rio tem nova chance


 

Lima apresentará uma comparação entre a média dos países da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e o Brasil, onde o empreendedor enfrenta impostos altos e excessiva burocracia para abrir, manter ou fechar empresas.

Leão
Leão: promovendo o Coalizão Rio e “fazendo história”

O engenheiro Luis Claudio de Souza Leão, presidente do Clube Empreendedor e um dos líderes do Coalizão Rio, destaca a importância da redução do Custo Brasil e da criação das novas concessões para o Estado se tornar mais competitivo, retomar o crescimento e recuperar os empregos destruídos pela pandemia.

“Estamos fazendo história ao estimular o diálogo entre tantos líderes determinados a transformar o Rio no melhor ambiente de negócios do país”, diz Leão. O evento do Coalizão Rio tem o apoio também da Fecomercio RJ e da Avenida Comunicação, empresa que edita o DIÁRIO DO PORTO.

O encontro será em um café da manhã no Hotel Fairmont Copacabana, a partir das 9h do dia 5 de março. Reservas e Inscrições devem feitas por email: eventos@fairmont.com.