co.liga conectará jovens ao mercado de trabalho | Diário do Porto


Indústria criativa

co.liga conectará jovens ao mercado de trabalho

co.liga, escola nascida da parceria da OEI e Fundação Roberto Marinho, irá oferecer cursos para jovens em vulnerabilidade social

10 de novembro de 2021

co.liga, escola de economia criativa, nasce com a proposta de conectar jovens em vulnerabilidade social com mercado de trabalho (divulgação/co.liga)

Compartilhe essa notícia:


Criada da parceria entre Fundação Roberto Marinho e Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) a co.liga, escola virtual de economia criativa, surge com a proposta de conectar jovens, profissionais e empresas para oferecer formação e inclusão produtiva para jovens em vulnerabilidade social. O lançamento acontece nesta sexta-feira, no Museu de Arte do Rio. O evento chamado co.ligaFEST terá transmissão ao vivo pela home do Portal G1.

Com apresentação dos músicos China Ina e Negra Jaque, a live traz um pequeno festival, com várias atrações, entre clipes, dança, poesia e conversas. A programação articula a produção cultural realizada em diversos territórios do país com debates sobre o campo da economia criativa e sua importância como possibilidade de inclusão produtiva das juventudes. A iniciativa vai mobilizar criadores, produtores de conteúdo, coletivos e empresas de todo o país.

A co.liga atua nos eixos de educação, trabalho e comunidade, oferecendo conteúdo educacional desenvolvido por profissionais do mercado; mentores para apoiar a formação dos estudantes, oportunidades de trabalho oferecidas por empresas e uma comunidade de ‘co.legas’ para trocar ideias e manter-se “co.ligado”.

Inicialmente são oferecidos 37 cursos livres de curta duração segmentados em cinco áreas da Economia CriativaPatrimônio, Música, Multimídia, Design e Artes Visuais – e temas transversais que dão suporte à trajetória dos jovens, como empreendedorismo, línguas, cidadania e elaboração de projetos culturais. Entre as opções segmentais, estão desde fotografia, design para web e roteiro audiovisual até turismo para cidades criativas, passando por produção musical, produção de infográficos e muitos outros.

Todos os cursos são online e gratuitos: cada estudante escolhe sua trajetória e acessa quando e onde puder, por celular ou computador.  Faça parte da comunidade virtual do co.liga se inscrevendo no site coliga.digital e acesse os cursos a partir do dia 16 de novembro.

co.liga terá nomes renomados do mercado

O conteúdo dos cursos foi desenvolvido por nomes reconhecidos em suas áreas, como o músico e apresentador China Ina; o produtor cultural Leo Feijó, ex-subsecretário de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro; e a empresa de design e inovação FabLab Recife. A formação combina teoria e prática, de forma que o estudante possa aplicar o que aprendeu em produções e projetos individuais e coletivos, com foco no mercado de trabalho. Os estudantes recebem certificados após a conclusão dos cursos e, de acordo com a participação em atividades, poderão, posteriormente, contar com sessões de mentoria com profissionais reconhecidos pelo mercado e prestigiados pelas juventudes.


LEIA TAMBÉM:

Alerj concede Prêmio Dandara a Teresa Cristina

Economistas propõem tributar os mais ricos para reduzir a pobreza

Rio e Enel X firmam parceria por eficiência energética


Programação de Lançamento da co.liga

Live na home do G1, 12/11, às 18h, transmitida do Museu de Arte do Rio, com apresentação de China Ina e Negra Jaque.

Abertura

Co.liga – Uma escola para criativos, com João Alegria, Raphael Callou e Lucimara Letelier –  coordenadora do Museu Vivo

Bate-papo

Como fazer juntos? – Betita Valentim – Fab lab Recife (PE) e Sophia Prado – Coletivas Delas (RJ)

Memes e humor nas redes sociais  – Júlio Emílio – Saquinho de lixo (SP) e Raphael Vicente (RJ)

Diversidade no audiovisual  – Cleissa Regina Martins (RJ) e Naina de Paula (RJ)

Games e tecnologia – Scoot Hill – Copa das Aldeias (MS) e Larissa Vitoriano – Programaria (SP)

Co.ligados

Amanda Cruz (Perifa Sustentável) e Givanildo Pereira (Favela express) – SP

Territórios – Bela Maré – Observatório de Favelas (RJ, Porto Digital e Proa Cultural (PE)

Museus – Paço do Frevo (PE) e Museu das ilhas (RS)

Podcast – Pretapod (RJ) e Esquizofrenoias  (SP)

Rappers – Negra Jaque (RS) e Paulo Amaro (DF)

Audiovisual – Ronaldo Piovezan (DF) e Zeca Brito (RS)

Panorama com clipes, dança e poesia:

Kurt Sutil (AM), Raidol (PA), Isadora Melo (PE), Giovani Cidreira (BA)

Rap plus size (SP), Negra Jaque (RS), China Ina (SP), Tavin (SP)

Cia. Fusion de Danças Urbanas (MG), Coletivoz (MG)

 

 

 

 

 


/