Cities of Tomorrow aponta Rio como hub de tecnologia | Diário do Porto


Tecnologia

Cities of Tomorrow aponta Rio como hub de tecnologia

Rio pode ser hub latinoamericano de inovação e, como sede do Web Summit, repetir a transformação protagonizada por Lisboa, aponta Cities of Tomorrow

10 de maio de 2022

Palestrantes do Cities of Tomorrow: discussões sobre o futuro que já começaram (Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


Se a qualidade de vida no futuro está diretamente ligada aos caminhos da tecnologia, o potencial do Rio de Janeiro em se tornar um poderoso hub de inovação na América Latina precisa mobilizar as atenções de gestores públicos e entidades representativas do setor privado. Este foi o tema central da nona edição do Cities of Tomorrow, realizada pela Assespro-RJ (Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação), com o apoio do Senac RJ.

O evento, realizado nesta terça 10 de maio no auditório da Fecomércio RJ, trouxe debates e insights que evidenciam demandas e oportunidades nos centros urbanos como contribuição à Agenda 2030. A abordagem sobre “Cidades inteligentes, tecnológicas e sustentáveis” busca levar os participantes a refletirem sobre como as tecnologias do futuro podem melhorar a vida nas cidades hoje.

Para Robert Janssen, diretor da Asssespro-RJ, “neste momento o Rio reafirma sua vocação natural para ser o protagonista nacional à frente de um potente e atrativo hub de tecnologia”.

 


Leia também

Vem aí a 4ª edição do festival Ler, no Porto Maravilha
Presença Festival celebra a inclusão com arte
Livro mostra ‘Mulheres que orgulham o Rio’

Um forte indício disso é o fato do Rio de Janeiro ter sido escolhido para sediar o Web Summit em 2023. Será a primeira edição do maior evento de inovação do mundo fora da Europa. Segundo o prefeito Eduardo Paes, o Web Summit ajudou Lisboa a se tornar um hub de tecnologia na Europa nos últimos anos. É um espelho para o Rio. “Olhamos para vários países no mundo, depois afunilamos para o Brasil e nos apaixonamos pelo Rio”, afirmou Paddy Cosgrave, CEO do Web Summit.